sexta-feira, 31 de janeiro de 2003

Já q andaram me chamando de feminista.....
Não sou mulher de levar fama sem deitar na cama, então vou aproveitar. Vou postar uma msg q recebi de uma amiga na quarta. Foi ótimo pq eu não tava muito bem e, além de rir, fiquei me sentindo muito melhor.

"NÓS MERECEMOS!!!! É A NOSSA CARA!!!! AMIGAS!!!"
Nós Mulheres....
Não broxamos...
Dirigimos melhor...
Não ficamos carecas...
Não sofremos de fimose...
Temos um dia internacional...
Sentar de pernas fechadas não dói...
Podemos usar tanto rosa quanto azul...
Sempre sabemos que o filho é nosso...
Temos prioridade em botes salva-vidas...
Pés femininos têm direito até a fã clube...
Somos o lado vistoso do dimorfismo sexual...
Uma greve de sexo consegue qualquer coisa...
Não pagamos a conta. No máximo rachamos...
A programação da TV é 90% voltada pra nós...
Somos os primeiros reféns a serem libertados...
Existem diversas roupas que modelam o corpo...
A idade não atrapalha nosso desempenho sexual...
Podemos ir pro trabalho de bermudas e sandálias...
Seguro de automóvel é mais barato para mulheres...
Podemos ficar excitadas sem que ninguém perceba...
Podemos fazer sexo quantas vezes por dia quisermos....
Somos nós que somos carregadas na noite de núpcias...
Se somos traídas, somos vítimas se traímos, eles são cornos...
Podemos dormir com uma amiga sem sermos chamadas de lésbicas
Somos capazes de prestar atenção em várias coisas ao mesmo tempo...
Mulher de embaixador é embaixatriz; marido de Embaixadora não é nada....
Não somos obrigadas a usar sempre o mesmo modelo numa festa black-tie...
98% da indústria de cosméticos e 89% da indústria da moda são voltadas pra nós...
Não nos desesperamos em frente a um campo de grama com 1 bola e 22 mulheres.
Você não precisa ser perfeita pra ouvir assobio na rua...Basta pôr uma saia mais curta...
Somos monogâmicas (embora precisemos testar vários homens pra achar um que valha a pena)
Mulher de presidente é Primeira-Dama; marido de presidenta é um zero à esquerda, mesmo que ele seja de direita...
Se nos agitamos em frente a um campo de grama com 1 bola e 22 homens, provavelmente não é por causa do jogo...
Nosso cérebro dá conta do mesmo serviço, mesmo com 3 bilhões de neurônios a menos, ou seja, nossos neurônios são mais eficientes...
Se resolvemos exercer profissões predominantemente masculinas, somos "pioneiras", mas se um homem resolve exercer uma profissão tipicamente feminina, é bicha...
E por último: Fazemos tudo o que um homem faz, e de ... SALTO ALTO.
Msg de hj....
----Original Message Follows----
From: Leitor Divertido e Ilustre
To: "Roberta Carvalho" Subject:
Re: Aniversário do HTP
Date: Fri, 31 Jan 2003

Correção: eu ainda não tinha pedido uma foto sua... O problema com os insetos lá de casa já tinha sido resolvido com uma foto da minha sogra de biquininho no meio da sala, mas agora a porra dos bichos voltaram e tão cobrando ingresso dos outros bichos pra ver a foto bizarra. Foda, né?
Manda a sua aê, eu coloco bem do ladinho da véia. =o)
Não viu a minha pq? Medo mesmo? Tá, vá lá... Eu sou feio mas nem tanto.

Eu hoje não tenho como sair de casa nem amarrado... Tô com uma cólica fudida, quando isso aqui se transformar em cocô eu tô literalmente na merda. Já tô lentamente me tornando o capitão peido... Cada peido que eu dou, levanto 20cm da cadeira. A última vez que eu fui no banheiro eu não sabia por onde tava mijando!
Isso foi uruca da patroa, só pra não sair com a galera hoje.

E que porra de história é essa de ser puxa-saco e viadinho? Viadinho (uuuuuiiiiiii =o) eu nem discuto, mas puxa saco é foda. Serve baba-vagina não?

E mentira é o cacete!! Eu não minto... Não (só) pelas babaquices morais que a mentira envolve, mas é que eu sou distraído praca e certamente eu vou me denunciar, cedo ou tarde. E da um trabalho do cacete ficar mantendo mentira, fala sério. E vc acredita que teve uma porrada de gente que percebeu que aquela história era minha? Eu cheio de viadagem com isso e aquilo e uma pá de gente reconheceu meu jeito de escrever. Dã.

Aquilo é verdade, meu pau que o diga. Acho até que minha ex confirma, não fosse o fato de querer me matar de porrada por saber que eu escrevi a história (ela vai cagar e andar pra saber que eu não coloquei nosso nome).

Quando eu disse que eu só tinha passado por situação ridícula não era brincandeira... Isso tudo pq eu ainda não te contei do flagra que um ex sogro marinheiro me deu... Foi sinistro. Mas isso é outra bat-história.

Beijunda.

Ah! Putz... Cê adorou a vela de 7 dias?? Tá feia assim a coisa? Olha só... Amigo é pra essas coisas... Conte comigo, viu? Tenho um bilau íntegro e interessante (não dá uma vela de sete dias em espessura, mas vá lá... a vela é uma indecência!), 10 dedos - grandes - na mão (considerando que nosso presidente tem 9, sim, essa informação é relevante) e uma língua bacana.

E antes que a pergunta possa ser formulada: já arrebentei o freio da língua tb. Isso mesmo, chupando. Mas dessa vez a culpa foi minha... Sou exagerado pra caralho e a mulher tava fazendo jogo duro... Fui esticando... esticando... E fikei falhando ashim dugrante um tresh diash. Sim... Foi ridículo.

Olha eu ia escrever mais um monte de babaquices, mas vc vai demorar pra responder mesmo e eu já tô quase me cagando.
Fui!

Ah! Beba, dance e beije por mim, falô? Tudo pelo HTP!
Msg de ontem
----Original Message Follows----
From: Leitor Divertido e Ilustre
To: "Roberta Carvalho"
Subject: Re: Aniversário do HTP
Date: Thu, 30 Jan 2003

Mulheres da minha vida (cês tão podendo hein)
Não sei se vai dar pra aparecer na Matriz amanhã. Estou na dependência de um amigo meu que marcou de sair comigo e eu não sei se ele está na disposição de ir pra Matriz. Amanhã a gente se vê, só pra variar (ele é meu chefe), desenrola e decide o que vai fazer da vida.

Como vc (Beta) está com a mão na cara lá no blog e vc (Ana) me deu um toco quando eu pedi a foto, eu estou mandando a minha foto procês me agarrarem, digo, acharem, lá na Matriz.

Arquivo: minha.jpg
Requisitos mínimos:
*Uma caixa de comprimidos homeopáticos 46.
*Um crucifixo.
*Uma vela de sete dias.
*Um terço.
*Alguns dentes de alho.
*Um espelho.

Instruções de abertura:
# Tome 4 comprimidos 46 (pra quem não sabe =E9 um potente "cagador") umas 4 horas antes de pensar em abrir a foto. Desça uns morenos retados com pêlo menos 2 horas de antecedência - em caso de susto, não vai sair com um freadão de caminhão na calcinha.
# Pegue o terço e coloque no pescoço - pra evitar que teu anjo saia correndo ao ver a foto. A última incauta pegou o anjo na esquina, dois quarteirões após a casa dela...
# Mastigue uns dentes de alho durante o processo de abertura - tem que ser cru. Assim vc faz careta antes de abrir e ver minha cara e eu fico me achando menos feio.
#O crucifixo deve ficar ao lado do gabinete do computador, só por garantia.

PS.: Antes que vcs me perguntem: o que vcs vão fazer com a vela de sete dias é problema só de vcs.
E mentiroso é o cazzo, viu? Pessoal incrédulo esse que lê o teu blog, hein Beta?
Beijo procês!
Lá vem ele de novo...
Nosso divertido e ilustre leitor não vai hj. Primeiro não tinha certeza pq ia ficar puxando o saco do chefe, chegou até a mandar uma foto pra gente reconher ele na pista. Hahahah. Querido, as estrelas a serem reconhecida somos nós!

Respondi dando ao bruto o corretivo merecido, e....ele arregou. Disse q não vai, veio com um papo de piriri. Sei lá, o mundo é estranho mesmo. E meus leitores mais ainda. Mas não poderia privar vcs dos mimos q são as msgs do bruto...
Tá certo q ele tá ficando meio abusado, especulando sobre uma possível relação minha com uma vela de 7 dias e oferecendo seus préstimos sexuais sem nunca ter me visto. Eu, hein! Mas deixa comigo q esculhambo ele exemplarmente.
Adivinhem onde vou hj?
Isso mesmo....vou pra Matriz. Já tem 2 sextas q não dou pinta por , pra falar a verdade estou com saudade. Ontem tava com preguiça, mas hj tô animada. Espero q a noite hj seja ótima: pretendo dançar até não agüentar mais. Quase todas minhas amigas estarão lá pra comemorar o aniversário do HTP!
Pena q 2 safadas viajaram e me vão dar bolo na comemoração. Mas tudo bem, são pangarés mesmo. Ah! mas pra compensar teremos a presença inédita e ilustre da nossa amiga Nandap!!!
Solzinho faz feliz!
Finalmente parou de chover! Qndo acordei hj e tava sol eu q fiquei radiante!
Já não agüentava mais chuva. Amanhã vou a praia me tostar. Estou muito feliz.

quinta-feira, 30 de janeiro de 2003

Pq odeio bancos e administradoras de cartão de crédito
Tinha recebido um cartão de crédito q não tinha pedido. Aliás, q tinha cancelado qndo fechei minha conta no Bradesco, há 1 ano. Liguei e reclamei. Disseram pra eu desconsiderar e quebrar o cartão. Ok.
Segunda-feira recebi uma fatura do Bradesco, cobrando parcelas da anuidade, sendo q 1 delas já estava atrasada, o q obviamente, gerou juros!
Tentei ligar de novo pra dar um esporro exemplar. Fiquei séculos ouvindo uma gravação com propaganda do banco e ninguém me atendeu. Tive q desligar. Amanhã tento de novo. Morte lenta e dolorosa pro corno q decidiu me enviar esse cartão.
Pq me ufano dos meus amigos....

-----Mensagem original-----
De: Roberta Carvalho
Para: Meu amigo maravilhoso
Enviada em: quinta-feira, 30 de janeiro de 2003

engordei 600g.

----Original Message Follows----
Ele:
...pouca coisa...tá na boa!

----Original Message Follows----
Eu:
é....mas 600g a cada mes não é pouca coisa.
Tô uns 3 kg mais gorda do q vc me conheceu.

----Original Message Follows----
Ele:
...relaxa que ainda deve estar gostosa! :)


Comentei conversamos diariamente, e não, ele não quer me comer. É bom ter amigos q fazem minha tarde feliz. ;)
Hj foi dia de subir na balança
Como sócia vitalícia do Vigilantes do Peso, toda última quinta-feira do mês vou lá me pesar. Como já desconfiava, estou gorda como uma vaca. 56,4kg! Mais 600g em relação ao mês passado.
Me sinto feliz qndo estou entre 53kg e 54kg.
Só não fiquei aborrecida pq hj é um dia muito especial e tô muito feliz. Vou voltar a contar os pontos e emagreço já, já!
Na boa, a gente é foda!
E não poderíamos comemorar nosso aniversário de maneira melhor, né? Recebendo um certificado de q estamos entre os 10 melhores blogs do Brasil e concorrendo ao Top3 IBest. Sensacional, né? Por isso q nem me dou ao trabalho de responder aos pangarés q nos criticam.

Como diria meu amigo André, na boa, a gente é foda!


Feliz aniversário!
Hj o blog mais divertido da internet comemora 1 aninho de vida. Parabéns para nós, as 5 donas do circo e pro nosso gerente de blog, Claudio Hollanda, q desenhou esse layout lindo de morrer e q é a nossa cara. Parabéns pros nossos colaboradores, leitores, comentaristas e fãs. E até para vcs, palhacinhos q tornaram tudo isso possível.

quarta-feira, 29 de janeiro de 2003

Amanhã é um dia muito especial....sabem pq?
Almoço divertido
Hj almocei com a Ana Paula e a Fernanda Rena. Foi bom começar o dia já rindo.

Aliás hj estou muito bem e feliz!

Ah! e a Fernanda elogiou meu cabelinho yorkshire! Disse q vai fazer igual, hehehe. Bem q dizem q tem gosto pra tudo no mundo.
Capacete meio bizarro
Meu cabelo anda meio estranho, meio franjudo, sem contar q tá meio desbotado.
Outro dia a AnaPaula me mandou por mail as fotos q tiramos no casamento da Daniela. Tô horrível (sou linda, mas nunca fico bem em fotos) e ela conseguiu sintetizar minha esquisitice: "vc esta parecendo um caozinho yorkshire, com esse cabelinho na frente dos olhos. hehe".
Sim, é verdade. Tô igual a um yorkshire. Merda. Acho q vou botar fé nas presilhas, pq só pretendo cortar no meu aniversário, no final de fevereiro.
A secretária continua achando minhas roupas improváveis
Enquanto continuar a chuva....

Falar nisso, alguém quer fazer o favor de mandar parar de chover? já cansei!
Faltam 28 dias para o fim da votação Top10 IBest
Vc já votou no Homem é Tudo Palhaço? Então clica aqui e vota!

terça-feira, 28 de janeiro de 2003

Mais do mesmo
Aquele meu leitor ilustre e divertido leitor mandou outra historinha bizarra hj. Claro q não ia furtar à minha audiência o prazer de ler tudinho. Aí vai...

"Betinha, como eu te disse, aí vai mais um caso esdrúxulo vivido pelo mancebo aqui. Absolutamente verídico. E ridículo.

O boquete.
Blz... Mais um dia de cão. Falta do que fazer, (ex)namorada morando próximo... Resolvi dizer um oi. Cheguei como quem não quer nada, olhei para um lado, olhei pro outro... Minha sogrinha queridíssima pegou a vassoura pra dar uma volta. Foi ao mercado, sei lá. Sozinhos em casa - pensei. 15 milésimos de segundos depois, estávamos atracados - obviamente eu com a namorada, não com a sogra. No meio da sala, como a falta de bom senso proclama.

Num lampejo mágico de cérebro, resolvi dar uma olhada na fechadura. Fui lá e travei a fechadura, na minha vã imaginação. Tranquilidade, relaxado, paz e amor e um boquete. Na sala, claro. Com a bermuda - jeans - levemente abaixada. Bom... Relax total... meia hora lá, amarradão, feliz. Eis que - rá - um barulho na fechadura. Mais que rapidamente, minha digníssima (ex) namorada resolve fechar o ziper. Ela só esqueceu de colocar meu pau pra dentro antes... Mal deu tempo pra berrar. Ela se jogou pro quarto e a mim... Só restou me levantar e me jogar no banheiro, de pau e ziper na mão (não necessariamente nesta ordem), com a bermuda no meio das pernas. Tudo isso mmmmuuuuuiiiiitttttooooo silencioso, claro.

Obviamente, não deu tempo de me jogar no banheiro antes da merda terminar... Só deu pra ouvir a voz da brux, digo, sogra: "Que bonito, hein?". Pensei, por dois segundos, em me dirigir à mocréia e agradecer pelo elogio, pq era claro que devia ser um elogio à minha bunda, que estava completamente de fora, já que eu não tinha entrado ainda no banheiro e minha bermuda estava no meio do caminho entre o chão e o meu bilau (presa pelo zíper, claro). Como minha sogra era muito ruim e se o elogio fosse aceito eu ia acabar tendo que comer a véia, achei melhor continuar a tentativa de jornada na direção do banheiro.

Tomei impulso e me joguei - desta vez literalmente - na direção do banheiro. Depois de conseguir arrancar o ziper sem ficar eunuco, percebi a gravidade da situação: eu estava com o Rainieri (o nome oficial dos bilaus, segundo o Veríssimo) ralado e minha sogra estava do lado de fora daquele banheiro esperando um explicação viável. Hum... Que dizer? "Tia, tô durão ainda. Termina pra mim?". Não. Essa, definitivamente, não era a melhor escolha. Hum... "Tia, relaxa. Não rolou nada demais. Foi só um boquetinho básico. E eu nem gozei. Meu saco tá até doendo ainda!". É... Essa tb não era uma boa alternativa. Pensei: "Já tô na inferno... O jeito é abraçar o capeta"...

Saí do banheiro como se absolutamente nada tivesse acontecido. Dei uma olhada em volta e lá estava minha adorada (salve, salve)
sogra. Mascando marimbondos vivos. Saí batido de casa, junto com a (ex)namorada - claro que eu não ia deixá-la (mais) na merda,
né? No corredor, esperando o elevador, saem do mesmo o meu cunhado e meu sogro. Resolvi descer pela escada. Mais saudável. Não sei pq, deste dia em diante, notava certa animosidade por parte da véia em relação a mim... Nunca me aproximava de ninguém da casa com facas à mão. Vai saber... Pessoal rancoroso... =o)

Como eu disse que eu passei por umas histórias hilárias... Hoje dá pra rir... Pelo menos isso. Mas foi foda na época. Faça idéia... Quase fui capado. Mas faz parrrte. E antes que vc me pergunte ou me zoe (o que é mais provável), meu bilau não ficou deformado depois dos dois casos ralados. "Fisioterapia" faz milagres. Depois mando outras."
Momento mundo estranho
O casal tá dormindo no motel. Toca o tel do quarto, ele atende sonolento. Repete 'não' várias vezes e desliga. A moça, curiosa, pergunta q o tinha sido. "Perguntaram se tinha eu tinha chamado o garçon, respondi q não. A telefonista insistiu se não tinha sido daqui q tinham pedido a presença de um garçon com uma faca, eu disse q não!".

Qndo soube da história achei muito estranha e lembrei logo de uma outra q uma amiga me contou. Uma vez ela tava no motel com o namorado e ele perguntou se ela queria q ele chamasse o garçon pra comer ela tb. Ela recusou. Será q o ex-namorado da minha amiga tava no mesmo motel q esse casal? Mas qual será o uso da faca? O mundo é estranho.
Momento escatológico
Recebi um mail de uma amigona ontem.
"Hj fiz o maior cocô da minha vida. Pena q não tinha uma máquina fotográfica.".

Hoje ela completou
"Me senti bem mais leve depois desse megacocô (é junto ou separado?), devo ter emagrecido 1 kg!"

Como eu sempre digo, o mundo é estranho.
Efeitos da chuva
A secretária do meu trabalho perguntou se vou sair hj. Vou não. É q tô com um vestido q ela ainda não conhecia.
O negócio é q com essa chuva não tô lavando roupa, e modelitos há muito moravam no fundo do armário estão saindo pra passear.

segunda-feira, 27 de janeiro de 2003

Estatísticas
Até esse momento registramos 40318 visitas a este humilde cafofo.
No dia q chegarmos a 100 mil vou dar uma festa! uhu!
O mundo é estranho
Todo mundo sabe q têm uns desocupados assolando vários blogs por aí.
Pois é, pra ser sincera, nem me incomodam tanto. Só fico puta qndo travam os comentários (como tá acontecendo no HTP) ou xingam meus leitores.Já cansei de ser chamada de lésbica raivosa e baranga mal comida. Tenho mais o q fazer do q responder afirmações tão inteligentemente embasadas. Na verdade já acostumei com gente sem senso de humor tentando me ofender. Nunca vou entender pq se ofendem ou pq simplesmente não deixam de ler o q escrevo, mas o mundo é estranho mesmo e, como diz a sábia Nara Franco, porque é coisa q não existe.

Mas de tudo isso só resta uma pergunta q não quer calar: Qndo foi q eu disse q era feminista?
Porra! não sou nem nunca fui feminista. Eu, hein!
Aliás como diria mais uma vez a sábia Nara Franco, sou tricolor e portelense, tirando isso, caguei pro mundo. Não levanto bandeiras ou 'visto camisas'.

PS. Na verdade Narinha diz q é católica e vascaína.
A culpa é de quem?
Já identifiquei 2 possíveis culpados:
O primeiro é o Guilherme Valente, q inventou de tomar decisões drásticas em plena sexta à noite. Porra, Tio Guigo, qndo vc for mudar sua vida assim radicalmente, qndo for quebrar tabus, faz isso numa segunda, tá? Viu o resultado? Chove até agora.
A outra culpada é a Fernanda Rena. Como ela entrou no icq no sábado a noite e não tinha ninguém pra conversar, a moça concluiu q todos tinham saído e tavam se divertindo, e ninguém tinha ligado pra convidá-la....lançou uma maldição de 7 dias de chuva torrencial!
Domingo: Skol Rio só de bote inflável
Como não era possível q continuasse chovendo, no domingo fomos pro Skol Rio, eu, Kika e Nara. Tinha show do Lenine, Pedro Luis e a Parede e Seu Jorge. Tava marcado pra começar às 20h, eu acho. Chegamos lá 19h, pra dar uns bordejos e comer alguma coisa enquanto o show não começava. Rolava um lounge com uns DJs. Tava chuviscando. Ahã....

Sentamos no Zazá. O sanduíche era piada e a pizza horrível, mas tudo bem, neste tipo de evento não dá pra ter rango bom. Ficamos bebendo cerveja e rindo dos modelitos. Chovia, tava relativamente fresco, parada era no Jóquei, logo ia ter, na melhor das hipóteses, grama, pq a verdade é q íamos pisar na lama. A gente de tênis e calça jeans. A maioria das meninas de saias tipo sarongue (segundo Nara) e tamancos de madeira e chinelinhos. Tinha até uma de havaianas. Êh falta de loção!

Kika foi no banheiro e voltou com a notícia temida. Chovia pra caramba. Legal, né? Continuamos sentadas e pegamos mais cervejas. A hora foi passando, o troço foi enchendo. Cada vez q uma de nós ía fazer xixi percebia q tava chovendo mais ainda. O DJ tb não tava ajudando....umas músicas chatinhas altas demais pra um lounge.Foi a implicante da Nara quem constatou: 'Q saco essas músicas. Manda chamar o Janot, manda!'. Ele até mudou o estilo, mas o lugar tava lotado, chovia pra caralho, eram quase 23h e ninguém tinha começado a tocar. Fomos embora sem ver show nenhum. Só de andar até o carro fiquei ensopada. Saímos de casa pra ouvir música chata e beber cerveja sentadas numa cadeira desconfortáve, com a geladeira lotada de Antárticas e Skols.
Na saída umas meninas tavam entrando e perguntaram se o show já tinha acabado. Nara, ruim como sempre, disse 'corre q vc ainda pega'. Kika, boazinha, parou pra explicar q não valia a pena entrar. Eu, q tô cagando pro mundo, fui andando e nem dei atenção. Quer entrar entra, não quer não entra. Foda-se. Não vai mudar minha vida. Quem mandou sair de casa numa chuva daquelas?
Sábado...mais chuva
Acordei sábado com o tel. Era o dr. Henriques. Tadinho, sabe esses velhinhos solitários q querem bater papo? Ele ligou querendo o tel da mãe da Nara, como eu não tinha ele me contou a história da família dela toda, inclusive q deu 'mama' pra Nara várias vezes qndo ela era bebê!
Desovei ele e voltei a dormir, já q não tinha sol pra ir pra praia.

Acordei 3h30 da tarde! caracoles, há muito não dormia tanto.
Fui dar uns bordejos. A rua tava um caos...mal tinha onde andar. As garagens abaixo do nível da rua tinham alagado, então tavam drenando a água com aquelas bombas e despejando no meio fio. Os carros, q estariam nas garagens alagadas, tavam estacionados nas calçadas. Tudo com muita, mas muita lama. Uma diliça. Fiz um lanchinho, comprei uma agendinha, uns produtos de beleza e mais um cacarecos inúteis e voltei pra casa. Me pendurei no tel com os de sempre e marquei de sair a noite, afinal, já tinha chovido tanto q não tinha mais água pra chover. Humpf!

Tava no Carpaccio & Cia por volta de meia-noite. Fui no banheiro. Qndo voltei....tava desabando o mundo de novo. O jeito foi continuar lá nos entorpecendo mais tempo do q o pretendido. De onde tá saindo tanta água pra chover?
Ia no Monobloco, do verbo 'não fui'
A princípio íamos Ana Paula (quem seu a idéia), Nara , Kika, Vanessa, Sandrinho, Tuninha, Nathalia, eu e Lobão. Ok. Nara e Kika resolveram ir pro show do Davi Moraes no ballroom com o Guilherme. Nathalia não conseguiu chegar no Rio a tempo, Vanessa (só pra variar) tava cansada e disse q ía dormir. Restamos os 4 guerreiros, com o reforço da Fernanda. Marcamos de nos encontrar na pizzaria Arco-íris. Ninguém chegou lá.

Entrei no banho toda alegrinha, qndo saí ouvi um barulho estranho. Cheguei na janela e vi q tava caindo um dilúvio. Merda. Mas como não sou de sal, me arrumei e liguei pro pessoal avisando q ia atrasar um pouco, por causa da chuva. A luz piscou, apagou e voltou. Legal. Narinha ligou avisando q no Humaitá não tinha luz. Desci (pelas escadas, pra correr o risco de ficar presa no elevador) e qndo cheguei na portaria a rua tinha virado um rio. Liguei pra Narinha avisando pra não tentar voltar pra casa naquela hora. Lobão ligou avisando q tava ilhado no Bairro de Fátima. Tentei ligar pro resto da galera....não consegui falar com mais ninguém. O cel tava semi mudo.

Do tel fixo descobri q Ana tava apavorada, sozinha, ensopada, no escuro, ilhada na esquinha da Rua Evaristo da Veiga, cercada de pessoas mal encaradas. Comecei a chorar de remorso por não ter saído: eu tava lá segura e seca e ela abandonada na escuridão. Neste ínterim, a Tuninha tb ligou pra dizer q tava ilhada no Flamengo, e tb ficou preocupada com a Ana. Por sorte consegui falar com o Lobão, q a essa altura, e com um motorista de táxi meio doido, tinha conseguido chegar lá perto. Pronto! minha amiga foi resgatada sã e salva, embora encharcada. Ela vai contar tudo no blog dela...

Ainda pensamos em ir pra Casa da Matriz, mas a chuva piorou de novo e acabamos não indo a lugar nenhum. Q merda.
Relatório de fim de semana (ensopado)
Esse fim de semana foi um fiasco. Como choveu!
Começou na sexta qndo tínhamos tínhamos combinado uma incursão ao estranho mundo do Monobloco. Já fui uma vez, na época do Clube Condomínio. Estava trabalhando, é verdade, mas achei maneiro. Achei q seria legal ir lá pra variar. Ando numa onda de novas emoções. Humpf!
A saga anfíbia terminou ontem, com a gente indo embora do Skol Rio sem ver os show, pq não tínhamos levado botes infláveis.

sexta-feira, 24 de janeiro de 2003

Mas e hj, sexta?
Onde será q a Roberta vai na sexta?
Errou quem apostou no Casa da Matriz. Pois é....não quer dizer q nunca mais vá lá, mas pra ser sincera, o tesão acabou. Hj vou fazer uma incursão ao estranho mundo do Monobloco, na Fundição Progresso. Prometo relatório pormenorizado.
Programa pra sábado
Quem não souber o q fazer no sábado pode ir no show do meu amigo João Marcelo. Eu não vou não, pelo menos não dessa vez, mas isso não quer dizer q vc não deva ir! Dizem q é legal.
Colei ai embaixo o mail divulgação q ele me mandou. Vai lá e me conta depois como foi....quem sabe não apareço na próxima edição. ;)

"Cláudio Zoli, Gilberto Gil, Sister Hazel, Tribalistas, Tim Maia, Lobão, Djavan, O Rappa, Paralamas, Lulu Santos e muitos outros estão presentes no repertório que a Vício Nato vai estar mostrando amanhã - sábado, 25 de janeiro - no pub Big Bem, em Botafogo.
Neste sábado as surpresas vão ficar por conta de algumas "canjas" especialíssimas que devem rolar!!
Então, é só chegar!!!

VÍCIO NATO NO BIG BEN
Sábado 25 de janeiro, às 22h
O Big Ben fica na Rua Muniz Barreto, 374, em Botafogo.
O telefone para reservas é 2538-1956
Valores:
Couvert: R$ 7,00
Consumação: R$13,00
No site www.bigben.com.br tem o cardápio, fotos, etc!!
A pedidos
Na verdade ele não queria muito q eu publicasse, mas já q todos querem, então eu posto...
parece q meu leitor ilustre tá fazendo sucesso...seus mails andam causando frisson....

Na quarta-feira, dia 22 fiz postei algumas considerações sobre os homens, q uma leitora tinha me enviado. O post, além de causar o ódio de alguns seres mal resolvidos e sem senso de humor, gerou o mail abaixo, do meu ilustre leitor.

"...Mas enfim, lendo o HTP, pensei em "traduzir" - o que vc postou no HTP. Pelo menos essa é a visão de um homem feminista... Forte (porém frágil), inseguro (mas corajoso), sensível (sem ser viado), bom (sem ser otário), com toneladas de defeitos, mas tentando corrigi-los. Acho que como todo homem que se esforça para ser e se manter moralmente correto é... Só que alguns têm vergonha de assumir. Aliás, acho que todo cara que diz que nunca fez uma palhaçada é babaca. Na verdade, as mulheres tb, né. Muita mulher já foi palhaça comigo...

Do HTP:
* se estamos mal humoradas, somos mal comidas
Já parou para pensar que para o homem uma mulher só e mal-comida quando não é ele quem a come? Pois é...

* se falamos mal deles, somos sapatões;
Todo homem morre de medo de não ser a melhor trepada de uma mulher. Senão a melhor, uma das. Quantas vezes vc não ouvia a célebre: "Fala a verdade: vc nunca fez uma loucura dessas..." Ou alguma variação. Todo homem tem que ser (ou se achar) o Marco Pólo do sexo para a mulher.

* se trepamos na primeira noite, somos p..utas;
Nossa cultura é machista, não adianta negar. A maioria esmagadora dos homens acha isso. E acha que ele foder no primeiro encontro é casual... Mulher não pode. Mulher não tem tesão próprio, só em resposta ao homem, segundo estas antas...

* se fazemos charme, estamos fazendo c..u doce;
Afinal de contas vc está negando dar umazinha com um picão (todos acham que são picões - vc já viu algum homem dizendo que manda "mais ou menos" na cama?)

se chegamos junto na paquera, somos vulgares;
* Claro que são - pq os homens morrem de medo de iniciativa.
Significa possibilidade de "competição", de experiência, de ameaça ao papel de macho caçador. Daí é mais fácil dizer que são vulgares. E que eles odeiam mulheres vulgares...

* se esperamos que eles cheguem, somos babacas e perdemos a vez praquelas que chegaram junto!!!!
NA BOA: EU ACHO O MÁXIMO MULHER COM INICIATIVA. QUANTO MAIS MELHOR... =o)

* E ainda dizem que nós somos complicadas, humpf!
Peraí... isso é verdade, fala sério. Não que nós homens não sejamos, mas cada qual a sua maneira... Mas vcs são complicadas praca tb..."
Hoje tem função no circo!
Com ou sem hacker, o picadeiro nunca fica vazio....

quinta-feira, 23 de janeiro de 2003

Breaking news!
No máximo em 15 de fevereiro menina Isabella Sepúlveda desembarga no Rio pra uma estada de 3 ou 4 meses!!!!
Ela garantiu q chega a tempo do meu aniversário. Ela é maluca mas não é burra....
; )

quarta-feira, 22 de janeiro de 2003

O mundo é estranho e meus leitores tb!
Claro q estaremos aguardando mais histórias bizarras desse leitor. Tão vendo como não é só comigo q acontecem coisas estranhas? E a Narinha ainda me chama de pára-raio de malucos!
Como acabou a novela da frenalectomia forçada
"Minha história? Terminou com um urologista muito sacana (gente boa demais, o cara tá no Acre agora) me dizendo que eu podia dar ponto (que ele não recomendava, pq eu ia ficar sem fazer usofruto durante um mês) ou esperar uma semana e pedir pra minha namorada da época cicatrizar com "atrito".

Nem preciso dizer qual foi minha escolha, né? Depois dessa época, passei a ser sócio da Johnson & Johnson para a produção do KY. Numa fase mais critica da grana (ou da ausência dela) descobri que creme rinse e/ou de massagem pra cabelo tem o mesmo efeito, é mais barato e ainda deixa um cheirinho agradável (muito útil em determinadas explorações). Pode experimentar que eu garanto. Um cuidado só: pega aqueles que são à base de água, ou vc vai ter que lixar pra tirar.

Depois te conto outra história bizarra... Quando o pai - marinheiro - de uma menina que eu ficava chegou em casa na madruga. Eu só me fodia nessa fase de "guerreiro", viu? =o)"
Será q é comum e eu não sabia?
Fiquei chocada. Será q é uma coisa corriqueira os meninos voltarem pra casa com o pau sangrando? O mundo é estranho. Será q algum dos meus amigos já passou por isso e nunca comentou?

Mandei outro mail pro bruto perguntando como tinha ficado...se tinha tido q costurar, internar.....como na outra história. Aí abaixo a resposta dele.
Ele continua....
"Vou aproveitar a série "casos bizarros": Final de adolescência, 16 -17 anos. Comendo buraco de parede. Sem grana, nenhum lugar agradável, pouco cérebro funcional....Escadão do condomínio, claro. Tesão desesperado, a cidadã tb no mesmo nível... No entanto, a tal tinha um pequeno problema de lubrificação, que até então eu não sabia. Além de uma péssima mira...

Resultado: ao confundir a escada com um trampolim e meu bilau com a piscina, ele fez uma "frenalectomia" (o nome do bagulhinho que "fixa" a pele do pau - o prepúcio - ao próprio chama-se freio, da mesma forma que esse que fica debaixo da língua; vai entender cabeça de anatomista...) funcional, sem anestesia, ponto ou sutura. E eu não tinha nenhuma semelhança com buldogue (cheio de pele) ou era acelerado (pouco freio) não...

Lembrando: eu estava numa escada. 11 da noite. Adivinha: o porteiro resolve dar uma ronda na escada (eu não era o único, é óbvio, a usar a escada como motel) justamente enquanto eu estava de pau na mão, bermuda na outra e sangue por todos os lados...Saí correndo, segurando o dito, até meu apê. Chegando lá, o maior mico da minha vida: meus pais na sala, vendo TV. Claro que podia ser pior... Minha avó poderia estar na sala tb... Mas foi horrível. Acredite.

E o pior: vc fica com ELE fisicamente impossibilitado. Mas teu cérebro esquece isso.... Toda vez que a cabeça de cima se empolgava, a debaixo sofria. Mas enfim... ces`t la vie"
Concordo com ele....
A bruta q pegou a o lixeiro foi fêmea mesmo! eu broxava, arregava, fugia. Confesso mesmo.
Agora qnto a 'rasgadora de pau', nem vou zoar nem vou descobrir como foi. Ela não é minha amiga, é apenas amiga de uma amiga....jamais saberemos!
Só q na segunda parte do mail ele dá pista do motivo do interesse.....o brutinho já passou por experiência semelhante!
Da série: 'Pq me ufano dos meus leitores'
"Estava deixando esse comentário lá no blog, mas ele deu uma de Pokemon, evoluiu e resolveu se transformar num email. Bom que fica mais pessoal e menos público.

Primeiro, o óbvio: teu blog é muito engraçado. Acho que é a tua cara - e olha que eu nem te conheço. Já deixei meia dúzia de comentários por lá, mas este é o primeiro email. Leio muito o blog da tua amiga Ana (3x4), além do HTP. Eu disse pra Ana há pouco que o que eu acho muito engraçado em vcs é a alternância entre a sinceridade "angelical" e a delicadeza paquidérmica. Chorei de rir qdo vc queria capar os sujeitos que esqueceram seu nome. Hilário. Vc deve ser a sutileza em pessoa =o) Como eu sou altamente sutil com os meus 87 quilinhos, isso está longe de ser um defeito...

Deixando de lado as rasgações, lendo teus últimos posts, tenho que dizer que a mulher que deu pro motorista de caminhão de lixo - no lixão - merece um prêmio. Eu broxava. Na escada, elevador, praia cheia... Até casa de máquinas e lixinho de prédio... Tudo beleza... Mas lixão... É phodda. Ela foi phêmmea.

E agora, até eu quero saber como tua amiga rasgou o bilau do sujeito com a mão. Deve ser parente do Wolverine a pobre. Se descobrir, avisa. Mas não zoa o pobre não..."

terça-feira, 21 de janeiro de 2003

Fui pedida em namoro hj!
Por um leitor do Tudo Palhaço q nunca me viu na vida.
Como eu sempre digo, o mundo é estranho.
Respondi q fiquei lisongeada, mas não posso aceitar. Afinal, entre outros motivos, não namoro quem nunca olhei 'olho no olho'...
Pq não bloguei hj?
Pra ficar respondendo mails....a caixa postal tava explodindo...
Mas podem deixar q tenho várias histórias bizarras novas pra contar, deixa só os personagens autorizarem...
Sim, eu peço autorização, afinal sou blogueira, mas sou discreta. ;)
Falecimento
Guilherme Valente acabou com seu blog.
Tá lá em http://www.series.com.br/blog

19.1.03
:: E acabou...
Tô fechando o botequim. "That sounds juicy" termina aqui.
Um grande abraço! ;)


Vou sentir falta...

segunda-feira, 20 de janeiro de 2003

Tô com dor de ouvido. Detesto isso.
O mundo é estranho
Qndo for digitar o endereço do meu blog cuidado pra não trocar a ordem das letras.
Se vc inverter o 'p' e o 's' (http://mundoestranho.blogpsot.com) vai cair na página do Aarons Bible!!!

quinta-feira, 16 de janeiro de 2003

A destruidora de picas
Qndo já távamos todos morrendo de ir Nath vem com uma história pior ainda: 'Essa tem q ir pro blog!'
Segundo ela, uma amiga dela (q eu conheço) saiu com outra garota (q nós não conhecemos, parece q tava de visita na cidade) pra darem uma biscateada básica. Pegaram 2 malandros e arrastaram pro apartamento do pai da q mora em SP, mas tava viajando.

Até aí tudo ok, embora eu e Nath sejamos contra levar desconhecidos pra casa, mas tudo bem, vá lá. Tava cada uma num quarto com seu bruto respectivo, mas mal tinham começado as preliminares a amiga (q a gente conhece) ouviu um grito horrível do outro quarto. Correram pra lá, abriram a porta e se depararam com uma cena inimaginável: o cara tava pelado, com uma cara horrível, segurando o pau q pingava sangue. Botaram o infeliz no carro e correram os 4 pro hospital. O mancebo teve q passar por uma microcirurgia pra costurar o 'rasgado' e ficou em observação.

Claro, a pergunta q não quer calar é 'como ela conseguiu fazer isso?'. A primeira resposta é mordeu? Usava aparelho? A moça jura q não. Q tava apenas fazendo um 'carinho' com as mãos....
Então novas hipóteses surgem....ela usava um anel 'bruto'? Estava acostumada com circuncidados, não soube o q fazer com um pelancudo e tentou arrancar o excesso de pele na marra? Ou pelo contrário, tava acostumada com pelancudos e esticou demais um circuncidado? Meu Deus! Como continuarei vivendo sem saber o q aconteceu?
Pq me ufano de Marcele
Lembramos da nossa colega de turma, q guerreira q só, picotou um motorista de caminhão de lixo, dentro do veículo, no lixão. Essa é umas das melhores histórias q conheço. A já menina tinha um histórico de pedreiros e office boys, mas um dia chegou na aula com uma novidade.

'...ah! ele não era lixeiro não, era motorista do caminhão de lixo! E era tão bonito...aqui na faculdade não tem homem bonito q nem ele não! A gente tinha combinado de sair, tava na porta do meu prédio e parou um caminhão de lixo. Tadinho. Ele era pobre, não tinha carro, então pegou um caminhão limpinho, novinho pra gente sair. Claro q na hora eu fiquei com vergonha, não sabia o q fazer, então corri pra dentro do caminhão, me abaixei fingindo q tava amarrando o tênis e falei pra ele ir andando. Ele perguntou pra onde eu queria ir, mas pra onde eu iria num caminhão de lixo? a um restaurante? ao cinema? ao motel? Falei q sempre tinha sonhado em conhecer o lixão e fomos pra lá. Fechamos os vidros e mandamos ver. Roberta, um calor, com aquelas moscas batendo nos vidros...'

Eu confesso q teria arregado. Sei lá, eu não sou mulher suficiente pra picotar um malandro dentro do caminhão de lixo. Por isso q qndo eu crescer quero ser q nem ela!
A famosa enquete
Nath e eu comentamos a enquete q ela tava fazendo lá em SP qndo estive lá. 'Qual foi a pior trepada da sua vida'. Os relatos eram previsíveis, até q o namorado de uma amiga dela foi inquerido.
Ah, não é q foi assim ruim. Mas na época de movimento estudantil eu tava num congresso da Une e transei com uma mulher. Só q qndo ela gozou começou a gritar 'Trotski, Trotski, Trotski!'

Claro q ainda não apareceu história mais engraçada. Não tem quem não se mije de rir. Quer dizer, tem sim: a Vivi. Todo mundo rindo na mesa e ela dispara 'ai! q horror! é até falta de respeito. O homem já morreu!'. Só Vivi mesmo.
Melhores momentos
Já q falei nisso, a noite realmente foi divertidíssima. Ri de chorar. As histórias bizarras q relembramos, mais outras q a Nath contou, pontuadas pelos comentários perspicazes da Vivi foram de lascar. Ela sempre fez intervenções engraçadas, mas com o tempo tá se superando...nem quero imaginar como vai estar daqui a 10 anos.

Távamos falando mal de uns desafetos da faculdade, e ela toda hora interrompia com detalhes q nenhuma de nós conhecia. Ô mulher bem informada. Mas a primeira gargalhada geral foi qndo, pra explicar o nível de envolvimento de certo casal, mandou 'eles eram noivos. Noivos de geladeira comprada!'
Ele é um bom menino, tadinho!
Sábado passado minha amiga Nathalia Molina tava no Rio. Fomos tomar um chope no Manoel e Joaquim do Largo do Machado. Cheguei com meu bonitinho por volta da meia-noite e tavam lá, além da carioca-paulista supracitada, minhas outras amigas e colegas de faculdade Clarisse Cintra, Viviane Nascimento Silva e Talita Figueiredo.
Gente vai, fala a verdade, q homem merece sentar numa mesa de bar com 5 mulheres loucas q se conhecem há anos, ficam lembrando do tempo de faculdade, falando mal de todo mundo de um monte de gente q ele não conhece e contando histórias bizarras. Ninguém, nem ele, tadinho. Mas não é q ele não emburrou a cara e ainda riu de tudo. Q menino bonzinho!
Saudade da Vavs
Sinto falta da safada sumida da Vanessa. Além de muito querida, ela é divertida e ótima companhia pra qq coisa. Pena q ela vai viajar no fds e não vamos à praia juntas. Saudade das nossas tardes no 9....
Quero ir a praia!
Acabei de reparar q pareço tão bronzeada nessa foto aí de cima....me deu uma saudadinha da praia....
Esse fds preciso ir tostar minhas celulites ao sol: não consigo ser feliz longe do mar. Vou a praia levantar um pouco meu astral.
Outro dia q não começa bem
Pois é....hj foi um daqueles dias q não deveriam ter começado. Sabe qndo vc acorda sem vontade de sair da cama, mas tem q trabalhar?

Aí nenhuma roupa fica boa, as pessoas q moram com vc (coitadas) começam a dar pitaco no modelito, e cada opinião (totalmente improvável) irrita mais ainda. Como vc já tá atrasada saí com qq roupa, se sentindo uma baranga e deixando uma pilha de roupas em cima da cama, pra arrumar qndo chegar em casa, cansada e ainda mau humorada.

Antes de ir pra minha sala, passei no banco e descobri q já devo o salário q vou receber, sendo q só Deus sabe qndo a patroa vai se dar ao desfrute de pagar outro. Logo receberei e continuarei dura.

Estou em TPM, então meus seios estão doloridos, me sinto inchada, triste, aborrecida e mau humorada. Pra piorar, meu ombro ainda dói.

A única coisa q eu quero na vida é entrar no meu quarto, vestir minha camisola azulzinha, ligar o ventilador, apagar a luz, deitar na minha caminha e chorar até pegar no sono. Na verdade hj eu sinto q não queria mais acordar, mas sei q isso passa, q não é de verdade, então é melhor acordar amanhã.
Presente de um leitor...

quarta-feira, 15 de janeiro de 2003

Enquanto não posto....
Vcs podem se divertir lendo o Pachorra. O casal de escribas tem uma certa fixação escatológica, mas divertidíssima. Quase morri de rir com a história do boquete com molho tártaro.

Num outro post de ontem, ele lembra uma frase de uma amiga minha. Sem dúvida é uma das melhores q já escutei.

'Filosofia oriental'
"Uma das melhores definições que já escutei para preferências, foi de uma amiga sobre comida japonesa, onde ela exclama: "Comida japonesa é como dar o cu; na primeira vez você odeia, depois fica completamente viciada!"
Proferido por Pachorra


Sensacional e impagável, a afirmação abria o falecido blog Pirando o Cabeção, com certeza o melhor q já li (depois do meu, é claro), pena q a moça seja serial killer de blogs e tenha tirado o supracitado do ar. Devia ter me lembrado dela pra responder à enquete do casamento da Daniela.

Em tempo: detesto comida japonesa.
Meu dia não começou bem
Mal acordei meu ombro esquerdo saiu do lugar. Só quem já passou por isso sabe a dor q é.
Ao longo da tarde tive vários contratempos e notícias desagradáveis. Nada grave, mas tudo irritante.
Merda.
Perdi a inspiração pra blogar. Quem sabe amanhã....

terça-feira, 14 de janeiro de 2003

Conclusão
O ar condicionado continua pífio e a cerveja tava quente. Mas mesmo com chuva, com briga (atípicas, apesar dos seguranças ineficientes), com ensaio do Monobloco ou não, a Brazooka ainda é o melhor lugar pra se dançar às sextas.Realmente tava menos cheio q a anterior, mas ainda assim com fila, o q comprova o q eu disse.
A noite foi maravilhosa, apesar das ausências sentidas. O som tava quase perfeito, o DJ estagiário mandou muito bem, obrigando o DJ chefe a mostrar a q veio. Foi uma das melhores Brazookas q já presenciei.

Qndo fui me despedir do Janot ele perguntou se tinha tirado a má impressão. Respondi q q a festa é maravilhosa eu sempre soube, afinal ia lá todas as sextas, e q ele nunca vacilou comigo. O prob não tinha sido com ele. Apesar de ter sido uma noite memorável a má impressão não desapareceu não. Não sei se 'má impressão' é a expressão adequada, pois acho q tem uma conotação de impressão superficial, e sobre o lugar q freqüentei todas as sextas no último ano eu tenho uma impressão consolidada.

Não vou deixar de ir na Brazooka, nem na Matriz, mesmo em outros dias da semana. Mas nunca mais vai ser a mesma coisa. Acabou o encanto e sabe como é...namoro depois q perde a graça é melhor terminar mesmo. Vou continuar aparecendo lá, de preferência previamente alcoolizada, mas o lugar onde eu ia dançar todas as sextas não existe mais.
A briga
Tava lá dançando e toca o cel. Era a Ana.
– Tô aqui fora, não consigo entrar. Tá mó fila e o Áureo tá na porta.
– Fala com ele.
– Nem consigo chegar até ele. Fala vc com ele.
– Tenta. Mas tô indo aí.


Fui lá. O segunrança não queria me deixar sair, mas insisti. – Oi Áureo. Sou a Roberta q vc barrou na semana passada'. Sou obrigada a admitir q ele foi supersimpático dessa vez. Abri mó sorriso e pergutou em q podia me ajudar. Reclamei q ele tava barrando a Ana de novo. 'Nada! já botei ela pra dentro!'. Aí fui eu q abri mó sorriso pra ele, mas qndo ía agradecer a porta abriu e saiu uma confusão. Eram 2 caras enormes q tinham brigado sendo expulsos. Caí quase no colo da door e ainda levei um puta pisão no pé.
Parece q a briga ainda continuou lá fora um tempão e por isso quase q a Kika não entra.
Melhores momentos da noite

* Maresia, com meus amigos

* A cara de felidade do Tio Guigo qndo chegamos

* O fora q a Ana deu no palhaço colecionador. Foi lindo: 'vaza, e vaza rápido!'

* Meu bonitinho, bebado, dizendo pra Janaína (q na semana anterior tinha pedido a ele pra não deixar eu sumir da Matriz) q tinha me laçado e levado pra lá. Posso? Lá sou mulher de ser laçada?

* Tio Guigo dizendo q ia socar as pernas no banheiro
Uma das melhores Brazookas q me lembro
Pra ser sincera, tava me sentindo meia-bomba. Não tinha certeza se queria ir, tava chovendo muito...mas confesso q me diverti horrores. Poucas vezes dancei tanto na vida. Tava possuidérrima.

Em grande parte isso se deve ao ensinamento do próprio Guilherme q eu decidi seguir...'qndo as coisas não vão bem a melhor coisa se fazer é se drogar e se entorpecer'. Já cheguei lá bêbada, então nem me lembrei q tinha sido destratada na semana anterior. Só importava q era uma noite especial pro Guilherme e alguns dos meus melhores amigos estavam lá.

Até q não tava tão cheio lá dentro, mas inexplicavelmente a cerveja tava quente. Ainda bem q enquanto ser semi-alcoolizado, nem notei direito. Nem fui no segundo andar. Dancei sem parar das 2h às 5h. Foi uma noite maravihosa....aliás, é preciso registrar q depois q Tio Guigo saio do som pra dançar Maresia possuído conosco o Janot tb tava com o diabo no corpo. Tocou quase todas as minhas músicas preferidas. Rolou até 'Vou festejar', confesso q nesse momento senti muuuuito a falta da Ana Paula e da Vanessinha.
Relatório de sexta - Parte II
Continuando o relatório de sexta passada. Depois do casamento baixei na Matriz, afinal era a estréia do meu amigo Guilherme Valente como estagiário do Janot.

Modéstia a parte, meu segundo modelito da noite tb tava muito atraente. Vestia calça e camiseta pretas, com minha bolsa de coração cor de rosa, q mereceu elogio até do Janot (quer dizer, eu preferi entender como elogio): 'essa bolsa fashion é sua?'

Chegamos lá por volta de 2h. Foi por pouco....a door me entregou a cartela e disse pro segurança 'só mais 1, hein'. Quase q fico barrada de novo...
Entramos, pegamos 1 cerveja quente e fomos ver o pessoal. A casa tava bem cheia e já tavam lá, além do nosso DJ debutante, Narinha leeenda de blusa de cetim branca (modelito faróis acesso, segundo o estagário de DJ) e os blogueiros arredios Maggi Marigato e Marlos. Um pouco mais tarde chegaram Ana e Kika, q passaram por uma certa burocracia pra entrar. É, Tio Guigo....tá vendo q moral?
Ela blogou!
Narinha, q andou uma arredia, anda blogudérrima!
Como sempre, com seu senso de humor ácido. Impagável, Narinha é a melhor. Leiam e comentem.
Enquete nova!
Tem enquete nova no Homem é tudo palhaço!

Dessa vez quero saber Quem é o mais palhaço?
- Aquele que esquece seu nome na cama?

- Aquele que beija outra enquanto você vai ao banheiro?

- Aquele que faz palhaçada, vai pro blog e depois dá chiliquinho?

- Aquele que promete passar o fim de semana inteiro te comendo e some?


Votem, votem, votem!

segunda-feira, 13 de janeiro de 2003

2ª etapa da noite: Brazooka
Chovia pra caralho, mas enquanto freak da pista, qndo a Ana Paula disse q ia embora fui junto, afinal ainda tinha a canja do meu amigo Tio Guigo pra prestigiar. Passei em casa pra trocar a indumentária, encontrei com meu bonitinho e fomos praquele cafofo quente e fedido de Botafogo, onde costumamos nos embebedar e dançar até ter caimbras.

Mas isso fica pra amanhã q hj já cansei.
Como todo mundo chegou atrasado o casamento começou 9h e bláu. Mas tudo bem. Daniela tava muito bonita de noiva. A cerimônia foi simpática e depois de comer e beber moooito, fomos nos acabar de dançar.
Como era uma noite não convencional, Ana Paula bebeu cerveja, vinho e um drink, ficando obviamente semi-alcoolizada. Divertido. O garçon manjou logo qual era a nossa, e trocava meu copo de chope prontamente. Mesmo qndo fomos dançar ele foi lá sorridente: 'esse já esquentou, trouxe outro pra senhora'. Claro q saí de lá bebada.

Foi tudo muito legal e divertido. Mas definitivamente o mais engraçado foi a enquete a ser respondida qndo íamos nos despedir da noiva. 'Vc dá o cu pq gosta ou pra agradar?'.
De acordo com o 'Instituto de Pesquisa e Estatística Daniela Aparecida', o resultado foi: 101 dão pra agradar, 2 dão pq gostam e 1 não sabe ou não quer responder. O mundo é estranho e, é claro q o casamento da Daniela tb.
Acabei chegando às 20h30, horário marcado pro início do casamento. Tinha no máximo 20 pessoas no salão. É....todos tinham pego o mesmo engarrafamento q eu, e provavelmente demorado pra achar o prédio. Logo em seguida chegou Adriana Bilate, modéstia a parte, estávamos leeeendas. Eu com um vestido preto bordado com canutinhos e ela com um vestido vinho e um tamancão cobre.
Um pouco depois a Ana Paula, q em nível de madrinha, tava arrasando de um longo azul e sandália prata. Tava com um capacete mei bizarro, mas compunha bem o modelito. Sentamos as 3 na mesa 'Pessoal da Uerj', representando bem nossa galera.
Relatório de pista - sexta movimentada
Como sempre a Ana Paula se adiantou e contou tudo sobre o casamento da Daniela na sexta passada. Mas tudo bem, vou fazer minhas considerações pra vcs terem outro ponto de vista.

Atipicamente, do nosso grupo, fui a primeira a chegar. Isso depois de uma pequena saga. Enquanto pessoa monga, anotei o endereço no bloco de notas do celular. Jacaré conseguia encontrar? Nem eu. O táxi já tinha dado 2 voltas na rua qndo decidi q era no prédio da esquina. Explico: já tava desconfiada q era ali, ai vi um cara fantasiado de marinheiro (com espada e tudo) estacionando no canteiro central e saindo acompanhado de uma moça em trajes de casamento e segurando uma caixa de presente. Como o noivo era oficial da marinha pensei 'bingo! é aqui'. Dispensei o táxi e perguntei se eles iam pro casamento do Marcos e da Daniela. Iam. Só q eram mais mongos q eu (visto q eram 2 pra pensar e tavam com o convite na mão). Não era ali. Cara de peroba emérita, peguei uma carona com eles até o lugar certo.

sexta-feira, 10 de janeiro de 2003

Pois é amigos...
Quem diria né? eu q já fui chamada de 'Rainha', 'Dona' e, mais recentemente, Deusa da Matriz. Por favor, esses apelidos já não me fazem jus. Não me chamem mais assim.

Olha só o mail q eu recebi de um leitor fofo na semana passada, eu tinha lido na quinta...antes de toda a confusão na casa supracitada. Trocamos umas msgs, depois passamos pro icq, então ele disse q me viu dançando na Matriz e q sou realmente linda. E olha q isso não era uma cantada, apenas um 'boa tarde'. Ai, ai, ai....acho q todo mundo devia me dar boa tarde dizendo q sou linda....

----Original Message Follows----
From: Leitor fofo
To: shaisha@hotmail.com
Subject: Deusa da Matriz
Date: Mon, 30 Dec 2002 20:28:13 +0000

Então é você a Deusa da Matriz? Hmm...
Que mundinho pequeno (a internet o fez assim), ia falar contigo na Matriz, não a encontrei mais e tive que sair. Alguém me disse seu blog...logo achei!
: )
Olha, não é um cantada idiota, é só um BOA TARDE!:)
Até breve
Onde me encontrar hj a noite....
Ali ao lado, abaixo dos meus links tem a frase 'onde me encontrar às sextas-feiras', linkando pro blog da Brazooka. Depois de todos os posts q fiz ontem vcs seria lógico q, além de tirar o banner chamando meus leitores pra ir a Casa da Matriz, transferisse o link pra junto dos outros, escrevendo apenas 'Brazoka, Marcelo Janot'. Só q vou lá hj de novo, apesar de tudo, serei encontrável lá. Por isso, por enquanto, fica como está.

Acontece q hj a noite meu grande amigo, o gordo safado do Guilherme, vai dar uma canja de 1/2 hora no som, por volta das 2h30 da manhã. A Nara disse q se eu for não tenho vergonha na cara, mas sabe como é...amigo é amigo e vergonha na cara eu nunca tive muita.

Pra se sincera, não estava com vontade de ir, mas prometi pra ele q estarei lá. Já nem estou mais aborrecida, a raiva já passou (afinal tenho mais o q fazer ecom q me preocupar), simplesmente não tenho vontade.
Ele disse q vai tocar Maresia pra mim, e quer me ver dançando possuída de dentro da cabine do som, afinal deste angulo ele ainda não viu. Vou tentar, Tio Guigo, vou tentar, só não sei onde vou arrumar disposição pra dançar possuída.

Vou ao casamento da Daniela às 20h30, fico um pouco na festa e às 2h vou pra Matriz ver meu Tio Guigo debutar no som. Claro q antes vou passar em casa pra trocar o modelito, ou vcs acharam q eu ia com meu vestido lindo de morrer pra buraco fedorento? Eu hein!

Imagino q hj não vá ter fila, afinal começam hj os ensaios do Monobloco na Fundição Progresso, e se não me falha a memória, ano passado no dia q começou o Monobloco a Brazooka ficou meio vazia, ou pelo menos sem fila. Vamos ver.

quinta-feira, 9 de janeiro de 2003

Pq não tirei o banner?
Minha primeira providência seria tirar do meu amado blog o tal banner falando daquele lugar sujo, mal cuidado, com de baratas enooormes, onde o banheiro freqüentemente não tem água e raramente tem papel higiênico, o ar condicionado não funciona e vc sai defumado de cheiro de cigarro. Afinal se eu não pretendia mais ir lá, para que incentivar q outros fossem?

Não tirei pq tive a notícia que meu amigo Guilherme foi convidado pelo Janot pra dar uma canja na Brazooka dessa semana. Me senti orgulhosa do meu Tio Guigo, mas ao mesmo tempo triste: se essa novidade tivesse rolado uma semana antes eu estaria exultante. De qq jeito não tiraria o banner, afinal não ele é força amiga e eu não ia jogar contra. O banner fica. Vai lá conferir q eu garanto...ele manda bem.

Mas peraí? se lá é assim pq vc ia todas as sextas?
Por causa do som, do DJ Janot, das pessoas q freqüentavam, do pessoal do bar, do ambiente. Mas hj em dia eu queria mesmo era q o Janot fosse tocar em outro lugar.

E vc vai lá nessa sexta? Apesar de tudo?
Vou. Guilherme merece.
Resumo da ópera
Foi uma noite de merda, enchi a cara, vomitei, não me diverti, deixei de gostar do lugar onde eu mais me divertia, a ponto de ter um banner entre as minhas campanhas q dizia 'Vamos na Matriz sexta-feira???'.
Aliás essa campanha surgiu justamente pq meus amigos me sacaneavam q toda semana eu mandava um mail pra eles com essa frase, então fiz logo o banner pra não ter q mandar a msg. Pois é, além de ir lá, eu tb enchia o saco de todo mundo pra ir junto.

Vou para de ir? Não sei. Por enquanto não tenho a menor vontade de voltar.
Momento non sense II
Mais tarde tô lá em cima com meu bonitinho e nosso amigos Gui e . Chega um amigo maluquinho deles, ensopado de suor, o bruto, q eu nunca tinha visto na vida, me informa q me mandou um mail mas eu não respondi. Isso é impossível, posso demorar, mas respondo TODOS as msgs q recebo.

Verborrágico q só, o ser ainda me conta q perguntou ao Janot:
– A Roberta Mundo Estranho tá aí?
– Tá lá fora, ela não tá conseguindo entrar por causa da fila.
– Então qndo ela chegar vc me avisa?

Não contente, ele voltou a perguntar e qndo soube q eu já tava, acompanhada de alguém q ele conhecia, foi nos procurar. Eu hein!
Momento non sense
Qndo ia descer, meu bonitinho chegou. A noite melhorou um pouco. Enquanto ele foi ao banheiro percebi q tinha uma msg de voz no meu celular. Pensei q ele tivesse deixado enquanto tava na fila e resolvi ouvir.

'Oi gatinha, são 2h30, vc deve tá curtindo essa 1h de Jorge Ben, queria estar ai tb, curtindo a música e vc. Saudade. Um beijo no meio da sua boca, no meio de tudo'.
Enquanto ouvia fui ficando intrigada, aquela voz simplesmente não poderia ser dele. Quem diabos deixaria uma msg dessas no meu celular?! No final o bruto se identificou. Era o namorado novo de uma amiga minha. O malandro tinha confundido nossos números!
Caralho! muito bizarro! quase me mijei de rir, e até me animei a dançar um pouco, depois de zoar a bruta, é claro.
Noite do mal
Entrei e fui direto pro bar. Peguei uma cerveja e Tomei umas cervejas e fui pra pista. Tavam lá Paulinho-meu-negão-gostoso (nosso Ana Paula, nosso, calma), Maria Cristina, César e cia. Não sei se foi melhor ou pior. São pessoas q eu amo e q há algum tempo não via. Mas no meu estado de humor foi pior encontrá-los, deu mais raiva eles estarem ali e eu não conseguir me divertir com meus amigos. Um calor dos infernos, se aquele ar condicionado estava ligado eu sou o Coelhinho da Páscoa, alguém quer ver meus ovinhos? Narinha, cara emburrada igual a minha, me acompanhou pro bar. Como diz Guilherme, nesses momentos a melhor coisa a se fazer é se entorpecer. Enchi a cara, mas como não foi suficiente, subi pra mandar aquele bagulho melado do Guilherme pra cabeça.
O mundo é estranho
Após uma rápida votação se devíamos esperar mais ou tentar de novo, voltamos pra porta. Já eram quase 2h. Afinal q horas a gente ia entrar?
A confusão continuava, mas o Léo Feijó não estava mais na porta. Agora só entravam mulheres. Isso mesmo, o Áureo informou q só ia liberar meninas. Ok. Após esperar muito e negociar muito, a Ana conseguiu q 3 de nós entrassem, os outros 2 entrariam em seguida. Como a Falei pra irem com ela a Ana Paula e a Nara, q já tava querendo ir embora. Fiquei esperando com o Guilherme.
Jacaré cumpriu o combinado? Nem o salve simpatia do Áureo.

Educadamente, como sempre, perguntei ao segurança, q pensa q é comediante, se os próximos seríamos nós, e se seguiu um dos diálogos mais surreais dos quais já participei

– Tá com pressa pra q? até as 7h vc tem muito tempo pra entrar
– Não vou te responder.


Claro q eu não ia responder, pq se o fizesse era pra mandar ele tomar no meio do cu, virar as costas e ir embora pra nunca mais voltar naquele buraco fedido. Mas se eu fizesse isso o Guilherme não ia conseguir entrar sozinho. E tenho essa mania idiota de colocar o bem estar dos meus amigos acima do meu.

Mais alguma espera e o senhor da portaria, o Áureo, disse q nós poderíamos entrar. A essa altura a única coisa na qual eu pensava era no banner em flash piscando nos meus blogs e nos dos meus amigos 'DIGA NÃO A CASA DA MATRIZ'.
Devia ter ido embora nesse momento
Vou pedindo licença à galera q se aglomera na porta e chego perto do segurança, q eu ainda não conhecia.
– Oi, eu tô com o nome na lista do Janot.
– Vc e muita gente.


Não entendi muito bem a resposta, mas pra não quis me aborrecer, ainda não sabia q não ia ser possível. 'Nosso nome tá na lista. Quem está na lista entra direto'. Com cara de deboche, e sem olhar pro meu rosto, ele disse 'hj não'. Concluí q ele não gosta dos amigos do Janot....

Achei bizarro e voltei pra falar com o pessoal, a Ana já tinha ouvido coisa semelhante. Fui falar com o Léo Feijó, q tava no canto.
– Oi Léo, a gente tá com o nome na lista do Janot.
– A casa tá lotada, tá cheio desde cedo. Não vou passar vcs na frente com essa fila q tá ai.
– Mas a fila tá parada.
– Não posso fazer nada.


Pra ser sincera, o Léo não foi exatamente simpático comigo. Eu já tava puta e queria ir embora, pra casa, pro boteco, pra outro lugar....Narinha sugeriu 'Lá em casa tem cerveja gelada e não tem fila'. Mas a Ana Paula argumentou q tinha se arrumado e saído pra dançar, e q ia gastar R$ 20 de táxi pra voltar pra casa, ia esperar e entrar de qq jeito.

Como eu chamei a Ana Paula, eu disse pra ela passar na casa da Nara pra ir com a gente, achei q devia ficar e entrar com ela, pq se eu e Nara fóssemos embora ela ia ficar sem companhia. Me arrependi e muuuuito. Devia ter dito pra entrarem ela, Guilherme e Ana, e ido embora com a Nara e a Kika (outra barrada, junto com uns amigos de Brasília, q ela tinha levado pra conhecer a famosa Brazooka) pra qq lugar, ou ligado pro Lobão e ido encontrar com ele no Plebeu.

Achamos melhor dar um tempo no bar Risoto, tomar uma gelada e voltar mais tarde. Ok, távamos lá, indignadas por ter sido maltratadas pelo pessoal da porta e chegou o Guilherme. Tomamos mais uma cerveja e resolvemos tentar de novo.
A ilusão
Toda sexta marcamos por volta de meia-noite no Bar Risoto, qndo todo mundo chega, entre 0h30 e 1h, entramos. Nessa, como parte do pessoal tinha furado resolvemos ir direto. A Ana Paula passou na casa da Nara pra irmos todas juntas. Combinamos na porta com os de sempre, Guilherme e Ana.

Chegamos lá na porta por volta de 1h....seria é um horário ótimo pra entrar. Como atípicamente essa sexta estávamos todos com o nome na porta, fomos sem pressa. Normalmente chegamos mais cedo pra não pegar fila, pois uma parte da galera não tem nome na lista. Logo q o táxi dobrou na Henrique Novaes estranhei o aglomerado na porta, mas não esquentei, afinal, nessa sexta estávamos garantidas.
A pior Matriz da minha vida
Tava dando um tempo pra olhar os acontecimentos mais de longe....com mais calma, mas preciso contar o q rolou na última sexta na Matriz. Na verdade quase tudo q eu queria dizer já foi dito pela Ana Paula, mas não posso deixar de registrar minha indignação aqui tb.

Foi uma parada muito chata, pq eu tava na mó pilha de dançar, ainda mais q a anterior, a última de 2002 tinha sido maravilhosa. Mal sabia eu q a primeira de 2003 ia ser uma merda.

Uma merda pq antes, qndo eu pensava na Casa da Matriz, me vinha a cabeça um lugar do caralho, onde eu SEMPRE me divertia. Agora qndo lembro de lá me vem uma sensação ruim de um lugar onde sou maltratada. Era um lugar onde eu ia praticamente TODAS as sextas-feiras, há quase 2 anos, e freqüentemente ainda dava a cara por lá em outros dias da semana.
Pq me ufano dos meus leitores...
Toda vez q estou tristinha e digo isso vcs fazem comentários me consolando, me alegrando....adoro vcs!

Mas podem ficar tranqüilos q já estou melhor. Estou até felizinha hj.
Ontem fui tomar um chope com minhas amiguinhas. Rimos, bebemos, comemos e vi q elas sofrem das mesmas agruras q eu....me consolei. Quando cheguei em casa telefonei pro meu bonitinho. Gosto de chegar bebinha e ligar pra falar coisas non sense e dar boa noite. Fui dormir feliz e sorridente.
Castelo de caras, aqui vou eu!
Vota lá q além de me ajudar a ir pro Castelo de Caras, vc vai concorrer a um carro. Rola uma promoção onde do Prêmio iBest onde todos os votantes concorrem a um Citroen Xsara Picasso 0Km!
Palhaços, tremei!
Homem é Tudo Palhaço está entre os Top10 do IBest!!

----Original Message Follows----
From: "Equipe Prêmio iBest"
To: shaisha@hotmail.com
Subject: Parabéns! Seu site é um TOP10 do Prêmio iBEST 2003 Brasil
Date: Thu, 09 Jan 2003 04:31:09

Roberta Carvalho,
A Equipe Prêmio iBest tem a honra de parabenizar o site Homem é Tudo Palhaço (tudopalhaco.blogspot.com) por sua classificação entre os 10 finalistas da categoria iBest Blog da edição 2003 do Prêmio Mundial da Internet. Foram milhares de inscritos, e somente os melhores do Brasil são agora os iBest TOP10.

O Prêmio iBest 2003 vai premiar os vencedores de acordo com a opinião do Júri Popular e dos membros das Academias iBest.
....
E mais uma vez, parabéns! ;-)

Equipe Prêmio iBest
info@premioibest.com.br
www.premioibest.com.br


Veja a relação dos indicados aqui

quarta-feira, 8 de janeiro de 2003

Hj tô meio triste
Não sei pq. Minha vida vai bem, tirando o fato de estar falida, sou feliz. Mas tenho tido uns ataques de tristeza, meio sem motivo, mei com todos os motivos. Às vezes fico calada, à toa, sozinha chorando. Deve ser alteração hormonal....

Mas pretendo me divertir muito ainda hj. Vou tomar um chope com minhas amigas Camila Pohlman, Fernanda Pellegrini e Nara Franco. Vcs nem imaginam como se ri nesses encontros....

Uma coisa me ocorreu agora, Camilinha devia fazer um blog. Com certeza seria lindo, chique, divertido e surpreendente como ela. ;)

terça-feira, 7 de janeiro de 2003

Onde foram parar os comentários?
Novo blog
Rosetando por ai encontrei um blog q parece ser divertido. Ainda tá no começo, mas acho q promete. Vai lá!

http://pachorra.blogger.com.br
Rescaldo de Natal
Tinha esquecido de contar, ainda ganhei mais uns presentes atrasados:

No dia 31 a Ana Paula me deu um sabonete de morango e a Camila Pohlman um sabonete de sal grosso, com o qual tomei meu último banho de 2002 e o primeiro de 2003.

Meu cunhado trocou o cd repetido q ele tinha me dado pelo novo da Calcanhoto, 'Cantada'. O cd é ótimo e tenho escutado todos os dias. O Janot disse q se eu ouvisse esse cd nunca mais ia pedir Maresia. Nem tanto, nem tanto...

Ainda falta o presente q a safada desenhada da Vavs comprou pra mim. Parece q é um livro.
– Tenho q te entregar teu presente.
– É, mas daqui a uns dias te dou pq abri e tô lendo ele.
– Porra! além de dizer logo q é um livro vc tá lendo?
– Tô!
– E se eu abrir o seu e sair usando por aí?
– Sabe q pensei nisso?!
As 2 caíram no riso. Comprei pra ela 2 calcinhas com desenhos do signo dela. Não vou usar pq sou de peixes e ela de touro.
Safado!
Ele sempre se confessou fã dos nossos blogs, leitor assíduo e entusiasta, mas resistia a ter um. Falava numa certa timidez, paranóia com a publicação de sua intimidade...soube até q as vezes se incomodava em ser citado no blog da namorada. Perguntei pq ele não tinha um blog, respondeu q não era pra ele.
Humpf! Ele se rendeu. Desde sexta passada o Clínica Tobias, do meu amigo César Chevrand, tá no ar. Ainda não tem comentários nem endereço de e-mail.
Mas acreditam q o safado nem me avisou? Não adiantou....eu descobri!
Notícias de Isabella
Parece q o espírito natalino tocou o coraçãozinho daquela safada q fugiu pra Liverpool e esqueceu dos amigos. Acreditam q ela disse q prefere não manter contato pra não ficar com saudade da gente? Mas agora como tá pra voltar quer notícias, né sua pangaré safada?
Mas tudo bem, minha Isa pode tudo.

----Original Message----
From: Isabella Sepulveda
To: shaisha@hotmail.com
Subject: Feliz 2003!!!
Date: Sat, 28 Dec 2002

Oi, Roberta!!!
como vai?
Escrevi pra dizer feliz ano novo e perguntar como tem passado.

Sei que você é ateia (ou não). Escrevi a mesma coisa pro Daniel. Quer dizer, então o natal não é grandes coisas... Mas, enfim, vou perguntar: como é que foi o Natal?
Vai viajar? Enfim, quais são as novidades?
Aqui o natal foi bom. é comemorado no dia 25, no almoço. bom, desde o dia 25, a gente tem almoçado almoço de natal. é o peru e um monte de legumes cozidos: batata, couve de bruxelas, batata baroa, brócolis e outras coisas que eu não sei o nome. Tem o pudim de natal, que é tipo um bolo com passas e outras frutas secas e cherry (é uma bebida). O pudim não estraga nunca. Dura um ano por causa do álcool. Esse foi feito em novembro.

Ganhei um monte de presentes. Só comprei 3. não sabia que eles levavam o Natal tão a sério. ganhei presente do Andrew, da mãe dele, da tia, da irmã, do irmão, dos sobrinhos e de uma amiga dele.

Mudando de assunto.
Outro dia tava no ponto do ônibus, conheci uma velha portuguesa. Ela perguntou se eu era espanhola. Bom, ela não vai ser a primeira pessoa que pergunta se eu sou espanhola. já to de saco cheio. já tava puta. Ah, de novo não... Da próxima vez vou responder que sou japonesa com esquimó, ou uma coisa bem ridícula... Bom, se eu dissesse a verdade, já soaria um pouco exótico, cruza de marajoara com guatelmalteca. a velha portuguesa tá aqui ha 25 anos e mal consegue falar português. Sinistro. É super estranho. Será que vou ficar que nem a velha portuguesa? Mas eu mesma gaguejei pra caramba pra tentar estabelecer um contato. Fiquei toda feliz de falar com alguém que fala a minha língua. Parece até aqueles filmes americanos. "Fala a minha língua"?. quantas velhas portuguesas já não falaram comigo quando eu tava no Brasil... não tem a menor importância, mas fiquei toda feliz. é como se ela tivesse dito pra mim, 'ei, tô te reconhecendo, você é parecida comigo'. Enfim...

Isso foi no dia do aniversário do Stefano, dia 20. Tava indo pro almoço de Natal do lugar que eu sou voluntária. Foi super legal. Tudo de graça. Agora já tenho alguns amigos próprios. é, porque os outros são todos amigos do Andrew... O nome da minha nova amiga, que também é voluntária é Katrina. Ela é chinesa, nasceu aqui, na verdade é inglesa de nascimento. No sábado passado, a gente foi fazer compras de Natal, foi super legal. nesse mesmo dia eu, o Andrew, o irmão e a namorada fomos jantar em Chester, na cidade que eles moram, a 20 minutos daqui. depois fomos a uma discoteca. nem bebi muito, mas quando estávamos esperando o táxi chamei o Raul, o que foi um alivio porque passei a noite toda enjoada. Queria ser como você amiga, nos meus momentos de sufuco, só me lembrei de você falando que não tem problema em colocar o dedo na garganta etc. Bom, desculpa, esse papo já ta ficando meio degradante, mas acho que foi alguma coisa que li no seu blog... que não tenho lido.
Fiquei uns dois dias sem comer direito e tô bebendo bem pouquinho. Aqui é uma bebedeira só nessa época. A gente tem ido ao pub local aqui todo dia. Hoje quis ficar em casa. Tá meio entediante sair todo dia pro mesmo lugar.

Sei que parece papo de maluco, mas só queria te contar assim uns episódios. Desculpa as partes nojentas, mas sei que você não tem frescura.

O Andrew comprou de presente pra ele mesmo uma câmera digital, que é maquina fotográfica também. já tô com varias fotos pra mandar por e-mail...

Estou querendo receber noticias. Estou com saudades. Deverei voltar pro Brasil no fim de Janeiro ou começo de fevereiro. Estou trabalhando só nos sábados de manhã agora. Me conte algumas de suas travessuras, novos amigos, ou episódios normais da sua vida. Acho que você vai me mandar pro seu blog...

Ate a próxima! Mil beijos e muitas saudades,
Isabella
Ela tá de volta
Serial killer de blogs inveterada, sabia q não ia demorar muito pra isso acontecer. A branquinha desenhada acaba de mandar um mail pra geral informando seu novo blog. Tosco, como sempre.

From: Vanessa Teixeira
To: A putada de sempre
Subject: novo endereço
Date: Tue, 7 Jan 2003 15:58:36

Caros,
Apesar de ainda estar no ar, o More Brain encontra-se inativo. Meu novo endereço é http://contraotedio.blogspot.com

Até lá!
Vavs

domingo, 5 de janeiro de 2003

O mundo é muito estranho mesmo
Estou chateada.
Como diz a Fernanda Rena, as pessoas são muito burras mesmo. Não entendem nada. Senso de humor não é pra qq um....

sábado, 4 de janeiro de 2003

sexta-feira, 3 de janeiro de 2003

Ronald McDonald por 24h
Tinha decidido dar uma repaginada pro Réveillon. Dia 30 baixei no salão sem ter marcado hora. A recepcionista me olhou com cara de desdém. 'Não tem horário...mas fala com a Fernanda'.
Fernanda, a minha cabelereira, é meio doida e adora fazer novidades no meu cabelo, pq sempre dou liberdade criativa pra ela. Há tempos ela vem me cantando pra fazer balayage vermelha no meu cabelo. Olhei pra ela e disse 'tá cheio né? Queria fazer aquela balayage vermelha.....'. A bruta me pegou pelo braço, me sentou numa cadeira e chamou uma ajudante: 'prepara o cabelo dela pra balayage'. Isso foi as 16h30. Às 19h30 eu tava saindo do salão disfarçada de Ronald McDonalds.

Não sei o q deu na Fernanda. Se ela quis me castigar por chegar sem marcar hora, se tava tão cansada de trabalhar q perdeu a loção, se confundiu as clientes (na agenda dela tava escrito 'Renata - reflexo - 18h)....só sei q sai de lá com um capacete laranja. Ela fez tantas mechas q parecia q eu tinha pintado o cabelo todo. Vcs precisavam ver a cara das velhinhas no salão.

Às 20h cheguei em casa. minha mãe e irmã ficaram horrorizadas. Meu cunhado caiu na gargalhada.

No dia seguinte às 13h o porteiro da Nara me zoou'ih! quase não reconheci a senhora!'. O outro porteiro mais velho ficou me olhando como se eu fosse alienígena. Alertei todos por telefone, pra evitar sustos maiores. Qndo entrei na casa da Nara gritei 'Ronald McDonald chegou!'. Ela tava no quarto no telefone. Qndo apareci no corredor ela arregalou os olhos e gritou 'Caralho!'.

Lá pelas 14h, Kika de dentro do carro fez cara de susto e enfiou o dedo na garganta como quem quisesse vomitar....

Às 18h Ana Paula teve reação semelhante.

Depois de tantas manifestações de admiração pelo meu novo visual às 19h desci e comprei um tonalizante chocolate na Farmalife da esquina. Com o luxuoso auxílio de Ana Paula passamos a merda do troço na porra do meu cabelo, separando umas mechinhas em cima, afinal, como disse a Ana, pelo q eu paguei era melhor aproveitar um pouco.

Antes das 21h eu tava de cabelos castanho avermelhados com umas mechas laranja em cima. Foram 24h engraçadas. Agora estou interinamente ruiva.
Bom...no ano q vem vai se melhor ainda...já somos festeiras experimentadas!
Destaques da noite

* Eu freak durante a tarde achando q ia faltar bebida e comida, qndo desencanei Nara e Kika entraram na paranóia. Sobrou comida e bebida pra caralho!

* As convidadas q foram parar em outra festa no mesmo prédio, de outra Nara, tb baiana

* Carlinhos e Ana Paula com a mesma peruca

* O negão sem loção franco atirador

* A decoração leeeenda de bolas metalizadas com gás, q após algumas cervejas serviu pra Raquinho, Julinha e Léo ficarem brincando de falar como o Pato Donald (pelo menos eles pensavam q tavam falando)

* O baseado melado q não acendia, mas q qndo carburou derrubou metade da galera

* Carlinhos dizendo q tava enguiçado de bagulho

* A trilha sonora organizada pelo DJ ausente Guilherme bicha fresca e safada q agradou a todos

* Eu e Ana Paula pulando 7 ondas na praia pra depois jogar nosso kit oferenda pra Iemanjá. Como as ondas molhavam a barra dos nossos leeeendos vestidos a gente gritava 'aaaaiii!' a cada uma.

* Todos nós dançando e cantando (gritando) a letra de 'Maresia' váááárias vezes....

* Qndo tocou 'Maresia' pela 5ª vez, eu tava sentada. A Ana Paula veio correndo pra mim 'Vamos aproveitar q hj o Janot não pode nos impedir! Vamos ouvir Maresia qntas vezes quisermos!'

* Qndo tocou 'Maresia' pela 6ª vez ou 7ª vez, eu sentada perto da mesa pedi penico e não levantei pra dançar

* O sorriso de Ana Paula de manhã. 'Agora quero ver tirar esse sorriso daqui'
Os convivas e seus modelitos
A anfitriã estava belíssima com uma calça branca (q quase me fez babar de inveja) e uma blusa rosa e amarela.Tava linda a minha Narinha! Menina Kika, elegantérrima como sempre, tava com uma calça branca e uma blusa preta com detalhes em couro, asquerosas de chique. Eu, modéstia a parte, estava bem com meu capacete novo e um vestido branco com detalhes coloridos.
Entre os convivas estavam Ana Paula toda boa em seu vestido laranja, mas claro q a sensação da noite foi Gabi Navarro em um estonteante vestido vermelho semitransparente. Lobão estava bem em um traje q ele mesmo definiu como cor-de-burro-qndo-foge e uma sandalhota marrom. Já menino Carlinhos fez sucesso com uma camisa pintada por ele mesmo (pelo menos foi o q entendi).
Relatório de Réveillon
Ih! tinha esquecido de contar pra vcs...

Passei o ano novo na sensacional festa do Francos Palace, vulgo casa da Narinha. Confraternização a qual, inclusive, ajudei a organizar....resultando num cansaço filho da puta na hora da festa, mas tudo bem, foi divertido. Pena q algumas pangarés não tenham ido....

Eu ia fazer um relatório pormenorizado ontem, mas fiquei com preguiça e deixei pra hj...perdi a vez....na ronda de blogs q sempre faço antes de postar descobri q tudo q eu ia contar a Ana Paula 3x4 Colorido já publicou. Vai lá e lê!

Portanto vou me ater aos detalhes q porventura ela tenha deixado passar...

quinta-feira, 2 de janeiro de 2003

É ano ímpar!
Nunca tinha prestado atenção, mas no reveillon de 2001,o primeiro q passei com minha amiga Nathalia Molina, ela me disse q os anos ímpares q são bons. Segundo ela era uma constatação paterna, e o pai da Nath tem credibilidade. Diz umas verdades incontestáveis e resume as coisas de maneira maravilhosa. Foi ele tb q nos ensinou q nada pior q sair de casa mal cagado.

Paramos pra pensar e era verdade, além de termos nascido em ano ímpar (1971), as melhores coisas de nossas vidas aconteceram neles tb. Aliás, 2001 foi um dos anos mais importantes q já vivi. Foi engraçado, à meia-noite, nós 2 bêbadas, ensopadas (lembram como choveu?), abraçadas gritando 'é ano ímpar! é ano ímpar!' na Avenida Atlântica. Caíram pedaços de fogos perto da gente, passaram ambulâncias e a gente nem aí...

Saudade de Nath. Esse ano não passamos o réveillon juntas.

Espero q 2003 tb seja especial. Um ano de mudanças na minha vida. Sempre sou reviravoltas em anos ímpares....não tô fazendo planos pq já desisti disso...vou vivendo e pronto, mas acho q vêm coisas legais por aí....pelo menos o ano novo começou bem.

Bom, de qualquer jeito super feliz 2003 pra todo mundo.