domingo, 29 de março de 2009

Relatório de pista

Sábado à tarde, fui visitar minha mãe. Se arrependimento matasse... bom, já tô morta de cansada mesmo, então foda-se. Cheguei em casa depois de 21h. Tinha combinado encontrar Eugenia às 23h30 em frente ao Capela, pra de lá partirmos pro Cabaret Kalesa. Humpf.

Sabe quando tudo dá errado? O rímel embolotou, o delineador borrou, errei a boca e o batom raspou no aparelho dos dentes. Uma beleza. Pronta e atrasada, liguei pra Eugenia que não dava pra andar até o Capela: caía um dilúvio. Ela ia passar pra me pegar de táxi. Já no elevador, lembrei que tinha esquecido a carteira. Voltei. Chego na portaria e cadê Eugenia? O táxi tava parado na outra quadra. Fiz sinal, pulei, nada. Corri de volta pra portaria e liguei pra ela. "Fica aí, tamos indo, gatinha". Passou direto. Saí eu correndo na chuva atrás do táxi. Quando finalmente logrei êxito e entrei no carro de praça, meu cabelo parecia ter acabado de sair do banho, tava ensopado.

Mas tudo bem, como desconfiei, era um presságio de que a noite ia ser ótima. Na fila, encontramos companheira Joana, guerreira que se despencou da Barra da Tijuca, embaixo de chuva, pra dançar com a gente. Só não dancei mais porque tava muito cansada, mas me diverti muito. Encontrei amigos, bebi, ri. Até fui reconhecida por um leitor! "Você é a Roberta Carvalho, né?". Ai, como é chato ser uma estrela.

Infelizmente, bati pino cedo. Pouco depois do show da Super Groove me despedi e fui pra fila (elooooorme). Mal lembro de como cheguei em casa e tirei a massa corrida da cara. Chapei até às 14h de hoje. Só levantei com medo de não conseguir dormir à noite, já que tenho que acordar cedo amanhã. Como é bom dormir.

2 comentários:

Eugenia disse...

gatinha.... ameeeei nossa noite!
virei fã da festa, aliás. ñ me lembro a última vez em q dancei tanto.
besitos e até quarta!

Roberta disse...

Também adorei. Vamos outras vezes.

Beijos