segunda-feira, 6 de abril de 2009

Meu mal era sono

A tristeza do dia era sono mesmo. Cheguei em casa, tirei a roupa, liguei o ventilador de teto e chapei. Nem tomei banho ou comi. Acordei agora há pouco alegrinha da silva. O negócio vai ser dormir de novo daqui a pouco.

Sempre que tô muito cansada eu fico com triste.

5 comentários:

Maga disse...

ai ai... um dia eu ainda vou morar sozinha pra fazer que nem vc: dormir peladona... é tão gostoso...

Mas eu sempre escuto um pessoal falando assim: """ah, eu não durmo sem roupa, porque eu posso passar mal à noite e ter de ser levada pro hospital às pressas, então eu durmo sempre de roupinha limpinha e cheirosinha"""...

Eu ñunca acho que isso vai acontecer comigo, por isso, no dia em que eu morar sozinha vou sim dormir pelada...

hahahaha

Eugenia disse...

sim, eu te disse uma vez isso, q parte da sua tristeza ocasional é falta de sono. vc dorme tarde por conta das noitadas ou problemas, e acorda mt cedo por conta do trabalho.
tenta dormir mais q vc verá como seu astral melhora. msm q tenha q recusar certos convites.

Roberta disse...

Maga, desculpe, mas isso é preocupação de velho. Mesmo que sejam pessoas jovens, são pessoas jovens com almas velhas.

Durmo pelada horas. Se eu passar mal não vou querer ir pro hospital de camisola mesmo.

Eugenia, eu tenho recusado muitos convites, mas tá foda. Não consigo organizar minha vida pra esse fuso horário.

Helga disse...

Maga, o negócio é enrolar a pessoa no lençol.

Eugenia, acho que a Roberta deveria marcar com mais gente ao mesmo tempo, otimiza aí teus horários!!

Roberta disse...

Helga, o negócio é que marcando com muitos ao mesmo tempo não dou atenção suficiente a cada um.