domingo, 5 de abril de 2009

Mocinho palhacinho

Sábado eu tinha um date, combinamos jantar na minha pizzaria favorita e tomar uns chopinhos. Moço educado, veio me buscar em casa. Moço estranho, chegou antes do previsto e eu não tinha terminado de me arrumar. Sobe aê. Péssimo ele me ver descalça, sem batom, ainda passando rímel, mas fazer o que? Pior era deixar o catiço esperando na calçada. Eis que o mocinho vai ao toalete.

- Pô, maneira essa tua parada de lavar a mão de abacaxi.
- Abacaxi?! O sabonete líquido é de vanilla e cassis!
- Vanilla e cassis? Porra...

De vingança, mais tarde, abracei o bruto e encostei meu lindo e meigo rostinho naquele peito viril. Três camadas de reboco, também conhecido como maquiagem, ficaram pregadas na camisa preta dele. Quaquaqua.

4 comentários:

Maga disse...

oooo maldade... se o cara reconhecesse de que era o sabonete, a gente ia chamar de moço sensivel demais (ou afeminado)...

Rapha disse...

Achei bem feito!Hahahahaha!!!

Roberta disse...

Maga, mas que foi engraçado, foi.

Rapha, pra mim ou pra ele?

Tatiana disse...

Roberta, vc é muito engraçada. Uso vários dos seus termos. O último foi "aninhos de pura travessura".
beijos