terça-feira, 19 de maio de 2009

Dia estranho

Acordei atrasada e exausta. Ainda não me recuperei da maratona de choro de ontem. Terça é o dia da aula que assisto como ouvinte no doutorado da ECO-Ufrj. Saí meio correndo e caminhei até o ponto de ônibus. O puto demorou pra cacete. Ufa, veio. Dei bom-dia para o motorista e cobrador, paguei a passagem com moedas no valor exato e sentei no banco alto, como todos os dias. Quando o ônibus saiu do ponto levantei e gritei "Não!". Tava no ônibus para o trabalho, terça não é um dia como todos os dias, é dia de pegar o 433!

Desci um ponto depois e caminhei pra Rua do Riachuelo. O ônibus demorou um bocado. Olho o relógio: 10h, hora da aula começar. Cheguei esbaforida e encontrei a sala vazia. Uma meia dúzia de gatos pingados semi-desorientados aguardava no fim do corredor. As professoras não apareceram. Como faltei a última aula, não sabia de nada. Parece que parte da turma também. Aguardei até às 11h, como elas não chegaram, fui à xerox colocar em dia minhas fotocópias dos textos e depois segui pra repartição.

Mal saí do portão e olhei pro ponto, vi que tava lá o 484B paradão. Que sorte! Corri e consegui pegar. Paguei a passagem com dinheiro trocadinho e sentei no banco alto. Até que a vida não é ruim sentada no ar condicionado, vendo a enseada de Botafogo num dia de céu azul pela janela do ônibus. Quando cheguei no trabalho vi que tinha puxado um fio do meu casaquinho. Não se pode ganhar sempre.

8 comentários:

Loloh disse...

Cara, menos uma passagem odeio perde passagem!!!

Roberta disse...

Nada, menina, menos 2 passagens!
Se eu soubesse que não tinha aula teria seguido no primeiro ônibus que peguei.
Só que desci dele, peguei outro pra aula, descobri que não tinha aula e peguei outro pro trabalho. Estou R$ 4,90 mais pobre!

Vinicius disse...

Dependendo do bar, seriam 2 cervejas.

Roberta disse...

Mó preju, né Vinicius?

Eugenia disse...

hehe, amiga, adoro seus relatos de bus. eu q vivo pegando tb tenho. vc tb acha metrô impessoal? reparei q vc não costuma falar de metrô. eu acho sem-graça... e caro, para o serviço q oferece. ônibus eh mt mais divertido.
fico passada com essa mania dos prof. de univ. públicas de faltarem direto.estudei na ufrj e uerj e tinha essa palhaçada.
nos cursinhos q faço preparatórios pra concursos é raríssimo um prof. faltar... o mesmo q falta na universidade ñ falta no curso...
um beijo pra ti.

Roberta disse...

Eugenia, por acaso os lugares onde costumo ir não são servidos pelo metrô, mas de qq jeito prefiro ônibus. No Metrô não tem nada pra olhar pela janela!

Anônimo disse...

Aqui nem é lugar pra isso, mas é que tenho certeza de que por este "veículo" vc vai ler... Prainha domingo?
Lilian Sapucahy

Roberta disse...

Prainha domingo... quem me dera.
Acho que vou almoçar com a minha mãe e fazer umas entregas felinas.

Vc ainda vai a praia cedíssimo?

Beijos