segunda-feira, 8 de junho de 2009

O mundo é estranho

Entrei na agência do Itaú do Bairro de Fátima por volta de 14h de domingo pra fazer um saque. Tô lá num dos caixas e logo em seguida para um rapaz com uma garotinha na máquina ao lado. Ouço ele dizer pra menina "vamos sair daqui que tem macumba, vamos" e passou pro guichê do meu outro lado. Eu, repórter e fofoqueira que sou, perguntei "macumba? como assim macumba?". Ele me mandou olhar. Tinha um alguidar com frutas e moedas no cantinho. Sim, arriaram uma obrigação no caixa eletrônico!

Fico imaginando a imagem gravada na câmera de segurança com o cidadão se abaixando pra colocar o alguidar no chão. Será que ele disfarçou até estar vazio ou nem se abalou e fez na frente de todo mundo? Será que é pra trazer prosperidade aos correntistas daquela agência ou o contrário?

Como sempre digo, o mundo é estranho.

3 comentários:

Graciana disse...

Ai, será que a macumba era para ficar rico ou para detonar o BB? kkkkkkkkkkk!

Eugenia disse...

Com certeza era pra ficar rico.
Amiga,cheguei no blog agora, vou ler os posts abaixo com carinho. Recebi seu e-mail tb. Repetindo: me liga a qq hora se precisar, viu?
Um beijo. Nessas horas todas as frases são inúteis.

Roberta disse...

Graciana, foi muito esquisito aquele despacho no caixa eletrônico.

Eugenia, nem precisa ler, escrevi pra desabafar, porque não queria falar com ninguém. Obrigada, amiga. Beijos