quarta-feira, 3 de junho de 2009

Pouca sorte

Saí do trabalho uma hora mais cedo, correndo pra ortodontista, que esta semana me arrumou um horário merda. Pra minha sorte, mal cheguei no ponto e havia uma van. Eu acho pouco digno andar de van, mas naquela situação agradeci aos céus e entrei. Cheguei na Tijuca apenas 7 minutos atrasada. A Ortodontista me atendeu 20 minutos atrasada. Não sei porque levo ela a sério e corro. Enfim.

Para minha sorte (ou não), ela apenas trocou o aro superior por um mais grosso e as borrachas da inferior. Só senti uma pressãozinha quando tava indo embora agora já passou. Pensei que ela ia me meter o borrachão assassino, mas vai ficar pra outra semana. Por enquanto, ela tá botando fé na mola que tá empurrando meu canino.

Saí esbaforida e me joguei no metrô, morrendo de fome. Até que não tava abarrotado ainda, apenas cheio. Liguei para o consultório da dermatologista avisando que ia atrasar. "Ih, mas hoje ela tá no horário, não sei se vai dar tempo de vc chegar. Você vem de qualquer jeito e a gente vê o que dá pra fazer."

Cumequié? Da outra vez esperei quase duas horas. Quando fui marcar esta sessão questionei o horário, apertado para mim, e a recepcionista me tranquilizou "liga não, ela sempre atrasa no mínimo uma hora".

Desci na estação Siqueira Campos e peguei o metrô de superfície. Quando ele tá chegando no Arpoador toca o cel. "Dona Roberta, ela já tá indo embora, não vai dar tempo. Me liga amanhã que a gente remarca pra segunda". Porra, por que não remarcou logo pra segunda quando eu disse que tava atrasada?". Ca-ga-lho! Me despenquei da Tijuca pra Ipanema à toa! Da Praça Saens Pena tem um ônibus que passa na minha porta!

Desci na estação seguinte, General Osório, e tentei aproveitar pra comprar umas tranqueiras antes de vir pra casa. Entrei na Americanas Express e enchi a cestinha de buginganga úteis, como xampu, esmalte, meias, calcinhas, essas coisas que nunca são demais, pra ver se me acalmava. No caixa, começa uma confusão. Só uma mocinha não exatamente safa para atender e muitas velhotas impacientes na fila. Uma delas quer fazer uma troca e a mocinha não sabe fazer. Mocinha liga pra outra mocinha vir ajudar. Soltei um "puta-que-pariu, não vou comprar merda nenhuma", larguei a cestinha no balcão e fui embora bufando. Ca-ga-lho.

Estou quase sem xampu e pasta de dente! Até pensei em entrar numa farmácia, mas com aquela friaca, desisti. Me joguei num 464 e vim pra casa congelando no ônibus. Dei uma arrumada na casa que tava um pandemônio, comi minha ração noturna com um copo de coca zero e vim blogar, porque alguma alegria eu tenho que ter na vida.

Pensar que eu poderia ter feito meu roteiro de farmácias tijucanas com calma, ainda ido na Dermage comprar meu mousse facial, tomado um café expresso no Palheta da Drogaria Venâncio e vindo pra casa alegrinha, alegrinha com minha sacola de compras de farmácia, minhas favoritas. A esta altura teria vários xampus e condicionadores pra escolher, cremes, hidratantes, bisnagas de Sensodyne de diversos calibres e sabores, um frascão de 1l de Plax transparente, quem sabe até um sabonete líquido ou esfoliante bem cheiroso pra alegrar meu banho de amanhã... ai, ai, ai. Como a vida é injusta às vezes.

5 comentários:

Carla disse...

Pergunta ingenua ou tal vez ignorante, e ruim pegar van?
Eu passei quase seis meses no Rio, mas nunca peguei uma.

Eugenia disse...

cara, isso é um absurdo, os médicos atrasam pra caramba mas a gente ñ pode atrasar nada!
e essa recepcionista, sinceramente... burra!
tb odeio qd me fazem perder tempo.
da próx. vez vai andar no calçadão e tomar água de coco... não, pensando bem não, o calçadão deveria estar gelado.

Roberta disse...

Carla, eu odeio, mas tenho amigos que gostam. Depende de cada um.

Eugenia, imagina a friaca no calçadão!

Renata disse...

Eh muita cara de pau... vc esperou quase duas horas na outra vez e ela tava indo embora??? nao podia esperar nao por causa de paciente, mas pq tava indo embora?????
Q revolta. Eu teria rodado a baiana... e comecaria a procurar outro medico... heheheh

Eu fiz depilacao a laser na perna inteira e virilha... eu era um macaco ambulante (ainda tenho em partes q nenhum ser humano teria!!!)..

Eh lindo nao ter q ficar se preocupando com pelo... mas nao gostei da pasta de carbono. Pra mim deu mais efeito um outro(depilaser). Era um dos mais baratos...

bem, boa sorte e muita paciencia nessa hora!
bjs

Roberta disse...

Renata, tudo bem, ela ia pegar um avião, tinha uma viagem.

Tô fazendo com laser lightsheer.

Beijos