quinta-feira, 25 de junho de 2009

Pouca sorte

Continuo com a garganta meio arranhando, mas estou precisando muito de um chope gelado. Hoje acordei e tava um lindo dia. Apesar de ontem terem me dito que hoje chegaria uma frente fria, resolvi ir trabalhar com um lindo vestido roxo que eu não usava há algum tempo. "Por que será que não uso esse vestido há tanto tempo?". Idiota, porque é um vestido leve e fino. Sim, o tempo virou e tô eu aqui sentindo frio.

Como tudo sempre pode piorar, chove pra caralho. E não é caralho modesto não. Ótemo, não? Bom, como ainda são 14h, tenho esperança que até às 17h o dilúvio pare e minha rua não esteja cheia. Sim, a esquina onde moro alaga. Marquei manicure às 17h30 e fica na outra quadra. Acho que tô precisando pintar o cabelo também, mas tô com preguiça. Deixa pra semana que vem.

Tô morrendo de sono, fui dormir quase 3h da manhã e acordei na hora. Nem sequer posso ir na máquina de café ou convidar Graci pra uma merenda com essa merda de chuva. Acho que tô começando a tossir também.

Adoro resmungar, mas é só vício, nada grave. Na verdade, meu horóscopo hoje estava muito auspicioso e estou animadíssima.

6 comentários:

guetoblaster disse...

eu esqueci de dizer eu ando em uma felicidade de indio sem nem saber porque. mentiroso ! sei sim mas não conto !

Anônimo disse...

Tbm caí na esparrela de vir trabalhar de vestidinho...tõ morrendo de frio! Sacanagem...

Roberta disse...

Gueto, eu sei que tu conta, tu é fofoqueiro que nem eu. Rá!

Anônimo, o teu tb é de tecido fino? Puta que pariu!

dOce De LeiTe grrrl disse...

adoro resmungar também hauahauhaa
DETESTO chuva..
ainda bem que tenho uma mae noiada que naum me deixa sair de casa nesses estados!

guetoblaster disse...

kkk pra vc eu sou um livro aberto amor !

Roberta disse...

dOce De LeiTe grrrl, sorte sua. Se eu quiser sair pelada minha mãe não tá nem aí.

Gueto, somos livros abertos, mas pra que servem os amigos, né? Pra saber dos nossos segredos, das nossas confissões inconfessáveis. ;)