quinta-feira, 9 de julho de 2009

Das coisas que fazem feliz

Para preparar as aulas do curso reli alguns textos clássicos que tinha lido há algum tempo. Delícia me reencontrar com amiguinhos com quem não conversava há tanto tempo. Mas gostoso mesmo foi reler minha dissertação. Sabe, ela foi finalizada em agosto de 2006, já tem três aninhos. Há informações que estão caducas, datadas, mas não tem importância. Ainda tenho muito orgulho dela.

Sei que já disse isso, mas eu gosto tanto, tenho tanto orgulho, que quando releio às vezes mal acredito que fui eu mesma quem escreveu aquela lindeza toda. É um assunto pelo qual tenho paixão, que me arrebata e sempre me emociona. Às vezes, choro de emoção quando releio.

Dá até um medinho, será que vou conseguir escrever algo tão bom de novo? Será que minha tese de doutorado vai ficar linda assim? Vai, né? Vai ficar melhor ainda, porque tudo na vida só melhora. A vida é bela.

Ler o que eu escrevo e ver que escrevo bem me faz feliz. Sou vaidosa do meu texto.


OBS: Se você por acaso for desocupado ou pervertido e quiser ler minha dissertação, ela está disponível aqui. Aviso que não deve ser interessante para quem não é da área. Sei lá, tem gente pra tudo no mundo, né?

14 comentários:

guetoblaster disse...

eu espero que eu seja pervertido ! apesar do ano me deixar muito desocupado ! gostei de ler. não sei de que área vc ta falando ? pode ser da lapa,pode ser da central, pode ser daqui pro meier ! mas valeu o tempo gasto pensando na cidade de são sebastião do rio de janeiro

Roberta disse...

Gueto, vc é meu amigo, não conta.

guetoblaster disse...

poooooraaaa mas eu prefiro ser pervertido

Renata Saintive disse...

Agora fiquei curiosa. Vou ler e depois falo...

guetoblaster disse...

já apareceu uma desocupada

Anônimo disse...

Não sou desocupada, sou curiosa e vou tentar ler.

guetoblaster disse...

proto outra desocupada. só eu que sou pervertido !

Sardas disse...

Guriaaaaaa... comecei a ler tua dissertação e não consegui mais parar. Caraca, muuuuito bom, bom MESMO. Parabéns.
Beijos
Pati Linden

Anônimo disse...

Ler tese é demais para a minha cabeça. Vi o tema e achei diferente, mas não tenho paciência para ler teses rs...

bjs da M.I.

Renata Saintive disse...

guetoblaster, Sou pervertida, nao desocupada.....

Roberta disse...

Sardas, saudade, menina!
Quando vc vem ao Rio?

Escrever eu sei, né? ;)

Beijos

Eugenia disse...

lógico q escrever vc sabe!
vou ler, sim!
beijos!
p.s. posso divulgar o link na Agenda? Afinal, tá registrado, ninguém vai poder plagiar.

Roberta disse...

Eugenia, claro que pode, sou exibida e é de domínio público, foi produzida em uma universidade pública, estudei com o dinheiro da sociedade e tenho mais que prestar contas do que fiz.

Nathália Rodrigues disse...

Curiosa que sou, claro que comecei a ler!

Que beleza, hein Roberta? Tbm quero escrever um dia assiim! dá um trabalho, mas no final vale a pena!