segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Fantasias

Já pensou que carinho, que alegria, que júbilo seria se, ao voltar para casa à noite, eu recebesse a notícia que minha vizinha de porta havia falecido após ser atropelada na frente dos filhos e agonizar horas à espera da ambulância do Samu? Nossa, cheguei a salivar.

Pensando bem, era melhor que os filhos também morressem logo. Afinal, paridos e educados por uma desgraçada como aquela certamente cresceram para ser merdinhas desgraçados também. Mais higiênico que faleçam logo.

Uau, acho que eu daria uma festa no studiô!

6 comentários:

Helga disse...

Ô, meu pai.. se essa mulher tem um troço tu é a 1a suspeita.. ficadica.

guetoblaster disse...

então émais fácil vc pedir pra ela se filiar no afro-reggae

Roberta disse...

Helga, mas meu bem, eu não mato ninguém. Só dou festa depois.

Roberta disse...

Ah, e suspeita de que? De querer que ela morra? Isso não é crime e não sou suspeita, sou confessa.

Fernando disse...

Ai no Rj é mais fácil eles morrerem baleados do que atropelados.

Anônimo disse...

Maldade..