segunda-feira, 29 de março de 2010

Alegria, alegria

Tinha marcado de ir ao samba com uma companhia masculina, mas como ele é borracha fraca, resolveu ficar em casa e dormir (ou arrumou programa melhor, dá no mesmo). Como eu já tava pronta - linda, loura, japonesa e alongada - num vestidinho florido e de sandalhota de lacinho, liguei pra um suplente. Na verdade, liguei pra Vicente-vem-dá-o-cu-pra-gente, que é meu amigo-irmão e nunca me deixa sozinha na pista.

- Vou tomar um banho e parto pra Lapa.
- Lava o cu.
- Vou lavar o piru também.
- Lava, lava. Vou chupar não, mas nunca se sabe.

Vai que ele se agrada de alguma traveca da Gomes Freire, né? Elas são tudo minhas caléga de salão e não quero ouvir reclamação do pau do meu amigo enquanto esmalto e envernizo as unhas. Meia hora depois ele liga "já lavei o suvaco, o piru e a bunda, bora!". Mandei ele me esperar na Cachaça.

- Tenho medo.
- Por quê?!
- Porque é na Cachaça e hoje ainda é segunda.
- Eu vou lá todos os dias!
- Puta que pariu, vambora.

Ele participou do Rodízio de Pão na Chapa e ia trabalhar no dia seguinte. Traumou. É viadinho. Quando saí de casa já tava chovendo. Mandei ele me esperar num lugar com cobertura. Fomos pro Manoel&Joaquim. Nem lembro a última vez que tinha ido lá, provavelmente, foi no tempo que eu trabalhava no Globo Online, ou seja, no Tempo do Onça. Meu garçom ainda era o mesmo. Tenho um garçom de estimação em cada bar.

Comemos, bebemos, iniciamos uma nova tradição milenar (um chamar o outro de babaquinha), falamos mal dos amigos, contamos fofocas, bebemos mais, ensinei a ele como impressionar mulheres maravilhosas (como eu e minhas amigas), falamos sacanagens e resolvemos ir embora porque diluviava e Vic tinha terapia no cu da manhã seguinte. Ele é viadinho assim mermo, acorda cedo pra correr (!) e pra fazer terapia. Mas liga não, é bõ rapaz e palhacinho divertido. Tô treinando o moço. Em breve ele será um machucador de causar orgulho na titia.

Eu até queria tomar banho de chuva, mas Vic ficou com medo de estragar o penteado (ele usa dreads que eventualmente mofam). Como nenhum táxi parava mermo, fomos tomar a saideira na Cachaça. Batida de gengibre, pra rebater a chuva. Claro, viadinho, ele não gostou. Pelo menos pagou a conta e me trouxe em casa. Tô treinando ele, podeixá, mulherio. Até ofereci meu guarda-chuva emprestado, pra ele não molhar as melenas entre o táxi e a portaria, mas o bruto resolveu fazer o macho-alfa e dispensou.

Tô já saindo do elevador pipoca o celular. Era A Loura "Tá rolando chope onde?". Ah, Xuxu, chegou atrasada. Agora vou blogar e dormir.

OBS: Não sei se já comentei, mas Vicente Magno é viadinho, mas é meu amigo. A gente tem essa sociabilidade babaquinha assim mermo.

9 comentários:

Anônimo disse...

Então Beta, posta uma foto do Vicente vem dar o cu pra gente, pra vermos se ele é pegável...
Bjs Lia
POSTA POSTA POSTA

Vicente disse...

Mulé, cabelo que mofa é o cacete! E, sim, eu tomo banho. Sou ogrinho e limpinho, mané.

E fique tranquila, não vou fazer vergonha com suas companheiros de salão. Não sou o público-alvo das moçoilas que citou.

Tu é babaquinha, mas é minha amiga.

Ana disse...

Nescauzinho tá filé depois da dieta. Indo e vindo, diga-se de passagem. Ele é playboy, mas é meu amigo.

Márcia disse...

Quero ver qdo ele estiver completamente treinado!

Nathy_Rosa disse...

Preto, pobre, suburbano e adestrado por Roberta Carvalho? Põe na minha fita, põe?!

=P

Roberta disse...

Uhu, Vicente vai arrasar!
Ó, vou querer uma cerveja pra cada mulezinha que eu colocar na tua fita, hein rapá?

guetoblaster disse...

kkkkkkkkkkk se fudeu vicente. ou não vai pegar ninguem ou vai dever uma fortuna em cervejota para a roberta

Vicente disse...

Pior, cara, posso pegar ninguém e ter que pagar as cervejas da mesma forma. :-D

Carrie, a Estranha disse...

Vicente não precisa de treinamento para impressionar mulheres maravilhosas. Já nasceu pronto. E de dread ainda por cima?