domingo, 13 de junho de 2010

Patricinha quarentona!

Alguém nos comentários me chamou de patricinha quarentona nos comentários do HTP. Adoguei!

8 comentários:

Luiz Roberto disse...

O que é que tem ter quarenta anos?
As de querenta anos são as melhores!... Cheias de experiencia e traqueijo, né não? eheheheh

Roberta disse...

A questão nem é essa, xuxu.

Idoca disse...

heeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeein?

Cíntia Echel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cíntia Echel disse...

A questão é olhar pelo lado certo. Se a criatura queria te criticar, insinuando que seu comportamento é imaturo ou coisa do tipo, você analisou pelo lado que tens jovialidade e todas as qualidades que uma patricinha tem, independente de idade. Afinal, preconceito é ruim pra tudo! As patricinhas também têm qualidades, e muitas. E a idade está longe de importar sobre isso. Eu te acho f#da, ponto!
Bjuxxxxx

Palhaço Não! disse...

Patricinha Quarentona não é elogio não, é crítica, e muito apropriada. Não aceito o rótulo "Homem é tudo palhaço", que vocês se encarregaram de espalhar, travestido de humorismo. Já pensou lançar um blog "Mulher é tudo palhaça"? Todas as entidades de direitos humanos e afins iam cair de pau. Mas como somos nós... vocês estão sendo politicamente corretas (é moda espinafrar estereótipos masculinos). Não tem nada de revolucionário, construtivo ou humorístico nisso. É agressão pura de mulheres estranhas de um mundo estranho, sem capacidade de amar, debochadas que só pensam no sucesso a qualquer preço, sem nenhuma consideração ética. Triste uma mulher de 40 anos nesse papel. Já devia ter aprendido alguma coisa na vida. Triste se recusar a crescer e xingar o sexo oposto. Não pensem que esse sucessozinho de vcs vai durar muito. Tem um monte de gente puta da cara. O que vem fácil, vai fácil. Nem escrever direito vcs sabem, o título correto seria "Os homens são todos palhaços". Mas aí já é pedir demais, não é mesmo?

Cíntia Echel disse...

Por que você não tenta encarar o HTP como um boteco, lugar preferido por homens para falar mal e bem de mulheres (mt mais mal do que bem, fato!).
E não! Nós não gostamos de saber que vocês nos chamam de tagarelas, potrancas, rabudas, bagulho, baranga... Mas sabemos que esses adjetivos são usados (e muito) em rodinhas masculinas.
A gente precisa é respeitar esse momento de cada sexo, vocês lá no boteco e a gente aqui na internet (ou vice-versa). Não é questão de ser feminista ou machista, é só nosso momento de relaxar, botar pra fora as mágoas passadas, as decepções, para ter cabeça e coração livres para o próximo da fila (homem normalmente não faz isso e acaba criando casca no coração, por isso ou vira um galinha ou um neurótico, mas isso é outra história).
E é bem assim, aprenda a conviver e respeitar nossas necessidades ou vire gay e seja feliz com alguém que pensa exatamente como você (ou não).

SIDINHO DJ disse...

esquenta não... eh recalque de muitas mulheres mais novas sem conteudo...