sexta-feira, 30 de julho de 2010

Que merda

Peguei ônibus errado quando saí do trabalho. Ninguém merece pegar ônibus errado no fim do expediente de sexta. Com isso, cheguei em casa tarde e não peguei a lavanderia aberta. As três sacolas de roupa suja vão pernoitar na saleta. Merda. Resolvi tentar resolver pelo menos uma coisa e fui ao supermercado. Lotado. Merda.

Cheguei em casa agora, mais de uma hora depois do horário habitual. Cansada, irritada e com dor na coluna. Sim, é sexta, mas não é um bom dia. Engraçado que acordei ótima, feliz, alegre da vida, mas ao longo do dia tudo desandou. Acho que tudo começou quando eu saí do banho e vi uma barata que entrando por baixo da porta. Era das grandes. Eu tava descalça e o inseticida embaixo da pia da cozinha, com a barata entre mim e ele. Tinha, sei lá porque, deixado os chinelos no banheiro e saído descalça. Na pressa, antes que ela se enfiasse embaixo de algum móvel, fui obrigada a usar a sandália que tinha saído ontem e tava no chão perto da janela. Merda. Logo minha rasteirinha vermelho e rosa, a favorita, agora jaz em quarentena, até eu esquecer o nojo. Depois do assassínio, passei pano molhado com desinfetante no trajeto percorrido pela barata. Nenhum dia que comece assim pode dar certo.

Merda.

Tá, podia ter sido pior, ela podia ter entrado enquanto e tava no banho e se escondido. Ou pior: subido na minha caminha de lençóis que troquei ontem e borrifei lavanda! Tá, não foi tão ruim, sempre poderia ter sido pior (às vezes é difícil ser otimista).

Mas quer saber? Merda mesmo assim.

10 comentários:

Ana P. disse...

kkkkkkk nada como o bom humor na vida de ser humano né!!!! Fico imaginando vc "cubando" a barata e a barata "cubando" vc e pensando (a barata): "se vc vier eu te pego" kkk

Tem dias em que a gente não deveria levantar da cama nao é mesmo???

Roberta disse...

Quem dera poder ficar deitada o dia todo... mas a repartição me esperava, né?

Só que olha meu tamanho e olha o tamanho da barata. Sinto muito, mesmo ela escolhendo as armas eu sempre vou vencer. ;-)

Carla disse...

Minha heroína, agora fiquei ainda mais fã...Quando vejo barata, é ela para um lado e eu para o outro...Matar? Ai, nem pensar...Admiro quem consegue! Até porteiro eu já chamei prá me ajudar...rsrsrsr...
E eu tb não estou nada boa, acordei bem e no final da noite apareceu essa merda de crise de sinusite prá me atrapalhar...Adeu, Bola... :(

Roberta disse...

Gata, olha teu tamanho e olha o da barata. Se mil vezes vcs lutarem, mesmo com a barata escolhendo as armas, mil vezes vc vai ganhar. Ela é nojenta, mas não pode te fazer mal nenhum. Senta-lhe a chinela ou um jato de inseticida e pronto.

Um dia quero ser evoluída como minha irmã, que simplesmente espanta as baratas. Na rua eu não mato, mas em casa sou obrigada, por motivos de higiene.

Rui Borges disse...

Comigo ja aconteceu isso com um rato, kkkkk, eu assustava ele pra ir embora, só depois de uns minutos ele perdeu o medo e vinha mais pra perto, ai tive de dizer porra tu é homem, mata esse caralho desse rato, que era muito pequeno, kkkkkkk.

Ana disse...

Fui criada por um pai que queria ter tido filhos e uma mãe com pavor de baratas... Mato barata numa boa. Morro de medo é de lacraia.

ReSilver disse...

Filha, eu já cedi meu quarto a uma barata voadora e fui dormir na sala. Borrifei meia lata de inseticida, fechei a porta e só voltei na manhã seguinte, pra recolher o cadáver. Urgh!
Pior sexta-feira tive eu: meu carro foi roubado. Era velho, roxo e não tinha seguro. Tô tão puta que roguei hemorróidas pro %$%¨*%#@ do ladrão.
Como não moro bem como você, com tudo pertinho, a pé e plano, tenho que fazer compras (famliares, que tenho filho pequeno) e ir à manicure de ônibus ou andar pracaraio numa rua com calçadas não pavimentadas e em declive. Acho que vou mudar de hábitos: passar a comer menos e deixar as garras bem selvagens.
Boa sorte pra nós!

Aline Pozzan disse...

Tenho paaaaaaavvvvvooooorrrrr de baratas e elas sabem disso e me perseguem. Tenho várias histórias mega nojo com baratas, na minha antiga casa acordei uma vez com uma barata voadora andando na minha cabeça, putz ninguem merece, quase morri, tb já pisei em uma de noite no escuro, estava descalça foi sem querer,quando acordei no meio da noite para fazer um xixizinho, a minha vontade foi de cortar o pé fora.... ai, que nojo :-ºº

CHRISTIANE AMORIM disse...

KKKK! Podia ser pior, já pensou se ela resolvesse subir em cima de você?? Uma vez aconteceu isso comigo, bem no meio da rua! Dei um ataque!

SIDINHO DJ disse...

o negócio eh comprar inseticida com mira laser...rsrsrs