quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Enquanto o sono não vem

Vou contar umas anedotas. Mentira, vou dar o relatório da minha vida pra vocês.

Ontem fui ao psiquiatra. Cara, na verdade ele merece se tornar um novo personagem: O Psiquiatra. Realmente sou para-raio de maluco. Tá, psiquiatra maluco é lugar comum, mas ele é foda. Cara, ele quer me casar com um primo de São José dos Campos que tem três restaurantes. Como ele frisou, dois de luxo e um mais ou menos e troca de carro importado todo ano. Gosta tanto de mim após quatro consultas me quer na família. Disse que sou carismática, inteligente, bonita, tenho status e posição. Tô pronta pra casar e ser mãe. Confessou que o primo tem 40 anos e nunca casou porque é um galinha, mas garantiu que vai regenerar ele pra mim, que há ex-galinhas que dão ótimos maridos. Oi?

Como é a minha cara virar esposa de comerciante em São José dos Campos, eu gargalhava alto. Nossas consultas são divertidíssimas e confesso que dou corda pra rir. Às vezes não sei se ele fala sério ou reconheceu outra pândega e tá de sacanagem. Ontem cheguei lá triste, tristinha, macambúzia, sorumbática, combalida. Ri tanto que saí do consultório exultante, alegre da vida e leve. Até aquiesci ao convite para pastel com chope no Adão. Fui ter com Siloan e Carmen e rimos horrores. Todas querem a indicação do dotô.

Minha próxima consulta é no dia 28. Mal posso esperar.

5 comentários:

Dona Mila disse...

Tudo isso sem remedinho? Também queeeeeeero.

Roberta disse...

Claro que tem remedinho, oras!
Só vou lá pra pegar a receita do remedinho.

reginaldo pereira disse...

me passa o nome dele e a receita rô, me dei alta do meu peixequeseachava, porque ele era uma besta mole, não dei conta, sem falar no remedinho que ele me esnfiova na cabeça que precisava omar que senão ia pirar, e que me deixava grogue o dia inteiro, sem falar na insõnia....

voltei pros meus fitoterápicos homeopatóides acupunturados fisioterapêuticos e agora durmo como uma pedra noite inteira...

quer a receita?

bjims

tio gigi

anaís disse...

psiquiatra? tô fora! a psicomédica já me enche o saco o suficiente... kkkkkkkkkkkk

Beth disse...
Este comentário foi removido pelo autor.