segunda-feira, 8 de novembro de 2010

O mundo é estranho

Como o mundo é estranho, ando feliz e esquisita. Resolvi sair da toca e desfilar minha beleza pelo Rio de Janeiro neste fim de semana. Vi muita gente pelada, mas não peguei ninguém.

Sexta, após um esquenta com as meninas no Mangue Seco, fomos para a festa do Panorama de Dança, no Parque Laje. Negócio de artista, sabe? Távamos lá batendo papo e bebericando cerveja quando algumas pessoas tiraram a roupa e se jogaram na piscina suja. Depois de serem tiradas da água pelos seguranças, ficaram circulando peladonas e pingando. Adoro ficar pelada, mas como não sei nadar e minha maquiagem não era a prova dágua, me contentei em ir ao bar buscar mais cerveja.

Sábado fui ver Hair com A Lôra no Teatro Oi Casagrande. Datado, mas legal. Como todos sabem, o elento fica pelado no palco em um momento. Voltamos pra Lapa na dúvida se parávamos para beber ou íamos dormir e, ao passar pela pracinha de Iguaba, encontramos Idoca&Caio no Belmonte. Pronto, resolvido o dilema.

Domingo fui ao CCBB ver a exposição do Islã com O Orientador, Beto&Flávio. Depois fomos almoçar no Mineiro de Santa Teresa. Adorei passear com meus psiricos, mas não vi ninguém pelado. Em compensação, eu e Flávio resolvemos escrever uns contos eróticos em parceria.

5 comentários:

Beatriz Fontes disse...

Fez bem em não cair na água suja... Meu primo pegou hepatite ali, louco, louco, depois de um show. :-)

Roberta disse...

A probabilidade de eu entrar naquela piscina era quase nula. ;-)

Fernando disse...

Final de semana erótico esse.

Audrey Navarro disse...

A locomotiva está de volta?
uhuu, adoro!

anaís disse...

Roberta, você conseguiu passe pra entrar e sair de casa com aquele negócio de gravação de saga de vampiros na Lapa??? Que bom ver você em processo de diversão total e irrestrita. beijos