quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

A beleza não conhece a dor

Drenagem linfática + ultrassom + infravermelho + carboxiterapia + sei lá que nem sei o nome = muita dor, porém com uma barriga sequinha. A vida é bela e sim, eu pago para ser esmagada e tomar injeções na barriga.

Hoje tô eu lá deitada pelada na maca enquanto Ana amassava minha barriga com gosto, enfiando os dedos até eu quase chorar.
- Porra, Ana! Tem hora que dá vontade de te segurar, te bater, gritar!.
- Tá reclamando? E eu que vou sair daqui e vou pagar R$ 60 pratas pra tomar dois tabefes de um chinês que arruma minha coluna? R$ 60 porque é meu amigo, pros outros custa R$ 100.
- E a gente ainda gosta!
- Saio de lá levinha, levinha.

Como brinde pela tortura, ganhei uma hidratação facial. Uma amassava minha barriga e a outra lambrecava minha cara com uma geleca. E eu felizona. Quarta que vem vou ganhar uma sessão de bronzeamento artificial para exibir uma tez morena no réveillon sem agredir minha cútis ao sol.

Até que executar o projeto Quarentona Toda Boa é divertido.

2 comentários:

Tia Fafá disse...

E a lipo? Desistiu?
Eu fiz a minha e to feliz da vida!

Roberta disse...

Lipo faz feliz.