quarta-feira, 16 de março de 2011

Não tem preço

Dormir feliz e acordar algumas horas depois pra fazer xixi, pegar o celular pra ver as horas, ler um SMS e azedar não tem preço. Agora estou triste, irritada, com azia e dor de estômago. Que merda.

5 comentários:

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Oxe, não se chateie.
Nunca vale a pena.

:)

Roberta disse...

Tá certa, garotona. Saudade de vc. Vamos marcar um café aí em Niterói?

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Fim de semana retrasado fui ao Rio. Muito avanço :)

Vamos, sim.
Te mando email.

Roberta disse...

Manda sim, quero te ver.
Posso perfeitamente ir a Niterói qq dia desses. Uma tarde sábado ou mesmo durante a semana. Saio do trabalho às 17h e tem uma colega aqui que mora aí. Posso pegar carona (no ônibus) pra ter distração na viagem e ir com ela. ;)

Anônimo disse...

Aprende uma coisa: DESLIGA O CELULAR....e se dê umas horas de descanso. É tiro e queda!!