sábado, 18 de agosto de 2012

A endoscopia

Semana passada fiz a videoendoscopia. Já havia feito este exame na época que tirei a vesícula e achei tranquilo. Recordo de só lembrar de que me deram um comprimido sublingual, me deitaram de lado e me deram um biloto de plástico pra morder, por onde passaria o tubo. Depois acordei deitada em outra sala, com minha mãe ao lado e a enfermeira na minha frente com Nescau e rosquinhas em uma bandeja. Humpf.

Desta vez foi uma merda. Namorado foi comigo e demos uma mofadinha na recepção. Serviços de saúde privados não respeitam seu ganha pão - os pacientes clientes. As atendentes eram superantipáticas e as pessoas saíam do exame completamente grogues.

Chegou minha vez. O médico era educado, mas não simpático ou acolhedor. O sedativo era intravenoso e ele me mandou deixar de manha quando fiz careta durante a aplicação. Palhaço. Deitei de lado, fechei os olhos e mordi o biloto. Humpf. Nada de chapar. O tubo entrou e eu sentindo tudo, inclusive quando machucou a garganta, mas com o biloto na boca não dava pra reclamar, quer dizer, fazer nova manha. Achei melhor ficar quieta, literalmente entubar e esperar acabar logo.

Me conduziram a uma poltrona em outra sala e me esqueceram lá. Quer dizer, eu me senti esquecida, já que não tava chapada, demorou séculos pro resgate aparecer e eu já tava quase levantando pra ir embora sozinha. Namorado ficou surpreso como saí não-grogue. Ainda me mandaram sentar um pouco na recepção pra esperar o laudo e me deram um bombom (torrone, da Garoto. Não é meu favorito, digamos assim). Cochichei pra ele que queria ir pra casa logo. Me deram o laudo e dois potinhos. "Tinha pólipo, a senhora leva pra biópsia no laboratório X, que fica ali na esquina". Puta que pariu, se eu tivesse chapada ia ser foda ter escala antes da minha cama.

Na rua, tomei uma vitamina, fomos deixar as perebas estomacais para biópsia e ainda demos uma pinta no Centro antes de voltar pra casa.

O laudo confirma a gastrite. Aguardamos o resultado da biópsia, mas não gostei desse negócio de ter pólipos no estômago.

6 comentários:

Fernando disse...

Humm, meu estômago está bom, esse exame só faria em coma induzido.

Thaís Boechat - thais,moreira@oi.net.br disse...

Eu tenho também! E hoje eles são meus amigos. Quer dizer, desde que eu dê o omeprazol deles pela manhã.

Vim aqui pelo HTP.

AmovoceagoraeteleiotododiaquinaOi.

Beijo!

Anônimo disse...

Vc deve saber já, mas quem tem gastrite NÃO DEVE TOMAR REFRIGERANTE, ainda mais Coca-Cola ! Eu fazia isso direto, mas não dá mais pra fazer tantas orgias estomacais qto antes. Vc tem q ver qual alimento mais "punk"(como sou velha)que vc está comendo e desencadeia tudo; no meu caso são esses dois os maiores vilões. Agora, café ... Bem, café se eu quiser passar MAL, mas bem Mal MESMO tome apenas uma xicrinha e descanse em paz.

Anônimo disse...

Digo, BEBER coca e café que me faz mal. Pq no dia que eu COMER esses dois elementos, sei não ...

Roberta Carvalho disse...

Fernando, não é nada demais o exame. Se precisar, larga de fescrura e faz. Pede bastante sedativo. Mas olha que conheço duas pessoas que fazem sem anestesia porque preferem.

Thaís, os meus não gostam mais do omeprazol, enjoaram. Que bom que vc é nova leitora, adoro!

Sim Anônima com gastrite, eu sei, mas sabe como é. Coca Zero eu já vinha maneirando, agora vou parar. Café tô tomando só uma dose por dia. O que me faz mais mal é leite mesmo, já que também tenho intolerância à lactose.

Ainda não decidi se vale a pena viver sem café e coca zero. Já tinha feito isso na primeira vez que tive gastrite e fui tão infeliz. Fiquei dois anos sem café e cerveja.

marcella disse...

Oi, passei exatamente por isso hoje, sem tirar nem por. To aqui agora morrendo de dor na garganta por causa do maldito tubo e sedativo de farinha.... vc usou algo pra dor??????