sexta-feira, 14 de junho de 2013

Da série "como fazer sua vida mais miserável"

Na segunda-feira posterior ao acidente, quando fui ao hospital pela primeira vez, além de incontáveis radiografias, fui submetida a um eletrocardiograma. Toda doída, a médica me brindou com a deliciosa informação de que estou com uma alteração cardíaca. A bruta me garantiu que não tinha nada ver com o acidente e me aconselhou a procurar um cardiologista assim que possível. Não vou a nenhum outro médico por enquanto, tenho cancelado até a dentista e a ortodontista. Não tenho usado o clareador nos dentes nem o aparelho pra dormir. Já tô com dor suficiente. Foda-se.

6 comentários:

Ana disse...

Que acidente foi esse???

Roberta Carvalho disse...

Cai no box. Muito 3a idade.

Anônimo disse...

Não tinha nada mais genérico que "alteração cardíaca", não? Acho que essa merdica estava só querendo descontrair o ambiente.

Anônimo disse...

tu ta quase conseguindo fude com essa porra de mundinho que te envolve, me faz um favor, morre diabo e nao fede pra estraga mais essa porra...

Roberta Carvalho disse...

Anônimo, cara, eu tava com uma costela quebrada e ela me receitou dorflex. Acho que a alteração cardíaca é o de menos. Sempre vou ao cardiologista uma vez por ano, daqui a pouco tá na época mesmo.

Anônimo2, qq hora eu morro, tem pressa não.

Anônimo disse...

fazia tempo que eu não passava por aqui. vc mudou sua foto, está sorrindo!! existe esperança para o mundo :) , bjs