domingo, 23 de março de 2014

Sei lá, sabe

Sinto muita falta do blog, mas não consigo mais escrever. Perdi o hábito, o jeito, sei lá. Poderia culpar o facebook, o que em parte é verdade, mas não de todo. Qndo vejo, já estou postando lá coisas q fariam muito mais sentido aqui, mas dai já foi. O face não é um substituto a altura do blog. Lá, sempre autocensuro, sabe? Aqui, eu escrevia, devaneava e digredia à vontade. Se xingava, resmungava ou blasfemava, lia quem queria, né? No facebook me sinto sempre invadindo a timeline alheia com minhas opiniões. Tá, sei que a criatura me adicionou pq quis, sempre pude me deletar ou deixar de seguir ou, meramente, ocultar este ou aquele post. Mas, ainda assim, me causa pudores. Vou tentar lembrar de abrir o blogger no lugar do face, quem sabe, devagar eu volto. 

10 comentários:

Déia Erdens disse...

Olá!!! Mandei uma mensagem pra vc no FB, mas como não somos 'amigas' provavelmente foi para a pasta outras. Dê uma olhadinha lá, por favor.

Anônimo disse...

Senti saudades! Li tanto outros blog q ja tinha esquecido seu jeito de escrever. Qnd vi mundo estranho na pagina do feed foi uma grata surpresa. Enfim, tentar colar o q vc escreveu no face pra ca. Assim quem n eh seu amigo la pode ler aqui. E pode funcionar qnd vc comecar a escrever algo la lembra q tem o blog fecha a o face e escreve e posta aqui :) a gente agradece!!! Beijos

Débora disse...

Roberta, qual seu fb???? Sinto muitaaaa falta dos seus posts e não me importaria nenhum pouco com suas reclamações por lá! Já te procurei mas nunca achei! Beijos

Bárbara Marinho disse...

Somos duas...esqueci ou perdi como é que as idéias fluiam...voltei ao seu blog por estar com saudades do meu. E lá eu tenho esse pequeno mundo seu como indicação de leitura.
Voltemos!!!

Katemari Rosa disse...

Estou nesta mesma relação com meu blog. Tenho vontade de escrever até. Escrevo textos na minha cabeça, mas não ponho no blog. Não sei quando escrevi.
Uso o facebook, mas lá não falo das coisas.

São outros tempos.

PowerGuido disse...

Senti sua falta. Fiz comentários há algum tempo e me divertia com isso. Seu blog é legal, você tem um mal humor que me agrada. Você marcava umas biritas de comemoração interessantes. Fui e fiquei ao largo porque queria observar e me divertir ao largo. beijos felizes por você ainda existir, sem ter perdido sua identidade para um homem machista, apesar de sentir que esse é o seu fim.

Roberta Carvalho disse...

PowerGuido, claro que lembro de vc, oras! Mas por que eu perderia minha identidade para um homem machista? Se cheguei aos 43 assim, louca, desgrenhada, meio bebada, mas feliz, por que eu faria isso?

kkk

Roberta Carvalho disse...

Débora, facebook.com/carvalho.roberta

Carrie, a Estranha disse...

Escrevi exatamente sobre isso - EXATAMENTE - na minha tentativa de reaver o blog. Os blogs morreram?

Sabrina disse...

Eu sempre te acompanhei no Htp (e foi de lá que eu vim agora) e, não sei se por ter enchido a cara do humor realista de lá, achei a vibe do Omee meio dark, melancólica (ler a palavra "suicídio" no primeiro post ajudou nisso, confesso). Mas quero deixar claro que a intenção é te passar a impressão que tive, nada além disso. Vida que segue.