quarta-feira, 4 de junho de 2014

Como é bom ser tratada, medicada, né?

Se eu não frequentasse o consultório de uma psicóloga semanalmente e de um psiquiatra uma vez ao mês, talvez achasse que queria me matar. Confundisse a vontade de desaparecer, de acabar com a minha vida do jeito que está agora com vontade de suicídio. E ainda tem gente que acha desperdício de dinheiro terapia.

12 comentários:

Anônimo disse...

Que bom que você voltou! Seu blog faz feliz.

Fernando disse...

Vc é exagerada com o que sente por isso complica sua vida.

Jéssica disse...

Olá Roberta, tudo bem? Faz anos que leio o seu blog, mas comentar mesmo só resolvi agora.

Eu também faço tratamento, inclusive cheguei no ano passado a ficar 56 dias internada em um hospital psiquiátrico. Além disso fiquei 60 dias frequentando hospital dia, ou seja, ia e voltava do hospital todos os dias. Por causa de uma terrível depressão, tive que me afastar do trabalho e tudo mais, os remédios sempre estão presentes, mas prefiro toma-los e ter qualidade de vida do que ficar sofrendo.

O melhor caminho é mesmo procurar ajuda, só nós sabemos o que realmente ocorre em nossos pensamentos.

Seja forte!

Bjão!

Anônimo disse...

Roberta, você tem transtorno de personalidade Boderline é?

Anônimo disse...

Fiquei triste com o que acabei de ler, te acho super alto astral!
Força querida, depressão é terrível, eu sei como a gente se sente.

Patrícia Batulevicins Salvador/BA

Lu disse...

Roberta, eu sei exatamente como vc se sente. Tb me trato de uma depressão que começou em 2010. Já tomei remédios, mas já parei. Continuo com a terapia e dou tanto valor que decidi ser terapeuta! Descobri o quão insatisfeita eu estava com alguns aspectos da minha vida e nem mesmo tinha me dado conta. Achava q minha infelicidade era algo que "veio do nada" uma vez q eu tinha emprego, familia, casa e até namorado! Com aajuda da minha terapeuta, Hj em dia entendo que a causa da minha depressão e ansiedade foi ter me afastado tanto da minha essência. Hj em dia estou na jornada em busca de mim mesma e consequentemente da minha felicidade. Desejo toda a sorte do mundo na sua busca!

leitor de passagem disse...

Vc voltou,Roberta!
Há séculos não passo por aqui, pensei que tinha acabado.
Legal, vou passar mais vezes.

Nadia disse...

Que bom que você voltou! Seu blog faz feliz. [2]

Espero que vc fique bem e volte a blogar, mesmo que não seja com a mesma frequência! Adoro seu jeito de escrever mas acho muito estranho ver as postagens do Facebook (fui parar na sua página duas vezes: uma foi por alguma coisa relacionada a gatinhos e agora foi por causa de uma foto da Kasia). Não me sinto a vontade, sei lá, parece coisa de stalker...

Um beijo!

Anônimo disse...

Ai que saudade de ler vc!! Seu blog sempre me fez feliz, estava me atualizando pq fiquei muito tempo sem vir aqui, casei, tive filho, me formei, to trabalhando em assessoria, enfim, muita coisa,mas agora volto sempre! fique bem quando puder ficar, qnd não puder apenas fique vc, sempre torcendo pra sua felicidade!

beijos meia chará

Érika Roberta

Roberta Carvalho disse...

Amo vcs, meus leitores.

Patsy disse...

Oi, Roberta!
Cheguei ao seu blog pesquisando sobre indicação de psiquiatras, nada legal né? rs
Parei num post bem triste onde as pessoas te indicavam procurar tratamento. Resolvi ir pra home do blog e vi que vc tá bem e fazendo o tratamento! Que bom! Agora, eu te pergunto...me indica um psiquiatra?
Adorei seu blog!!!

Roberta Carvalho disse...

Patsy, me escreve pra gente conversar e dai te indico. O meu não tá aceitando novos clientes. Roberta.carvalho@gmail.com

Beijo