domingo, 31 de maio de 2009

Chope dos leitores

É, meus amigos, vem aí outra primeira quinta-feira do mês e outro chope dos leitores. Todos sabem que sou uma mulher conservadora, mas desta vez resolvi experimentar outro lugar: o tal do Mas será o Benedito, que nunca consigo ir.

Se você quer ir mas fica com receio porque não me conhece ainda, me manda um e-mail que passo o número do meu celular. Juro que não é pegadinha.

Então é isso queridos, vejo vocês lá na quinta-feira, dia 4/6, a partir das 19h. Para quem não sabe, o Mas será o Benedito fica na Rua Gomes Freire, 599 (quase esquina com Mem de Sá), na Lapa, Rio de Janeiro, RJ. ;)

10 comentários:

Camila disse...

roberta, ja sou sua leitora há algumas semanas, mas só agora resolvi escrever pois voce falou de um dos bares que mais amo. Mas sera o benedito é bom, e eu recomendo, inclusive, eu tava la esse final de semana de novo.
quem sabe eu apareço nesse chop dos leitores, ok?
bjoos

Roberta disse...

Camila, apareça sim, sempre tem alguém novo no grupo e logo todos viram amigos. Quase todo mundo que vai eu conheci por blog, em algum dos chopes.

A Eugenia tava lá esse sábado tb!

beijos

Anônimo disse...

Ah, ingenuidade sua achar que a legião de leitores deste blog circunscreve-se aos limites da sua cidade... Internet, moça, maravilhas da "mudernidade", o trem espalha pra todo lado, sabe!? Bom, isso é só pra perguntar em que lugar do mundo fica a Rua Gomes Freire, 599. E sim, eu sairia daqui de Belo Horizonte pra ir no chop dos leitores, se for São Paulo ou Rio, porque tenho alguns clientes por estas bandas, e o negócio podia se encaixar, né não!?
Abraço!
Leandro

Eugenia disse...

oi, Leandro, me adiantando à Roberta aviso q a rua fica na Lapa. começa na praça Tiradentes e acaba na Lapa. todos os taxistas conhece, é enorme.
o bar é vermelho, com 3 andares.
camila, eu fui lá na sexta. já fui várias vezes, adoro lá!
besitos, Roberta, até quinta!!!

Anônimo disse...

Opa! Obrigado, Eugênia, pela gentileza. De qualquer forma, me desculpem a ignorância, mas a dúvida ainda paira: vocês estão no Rio ou em São Paulo? Sim, porque Lapa tem nos dois lugares, e confesso que me é mais interessante esticar essa conversa do que recorrer ao Google...
Abraços,
Leandro.

Camila disse...

Bom, ajudando as meninas, é na Lapa do Rio, ok anonimo?

ihh eugenia, sera que passei por voce e nao sei? tb fui na sexta.

vlw roberta, tentarei ir, visto que to com a agenda lotada essa semana. Mas farei o possivel.

Roberta disse...

Leandro, desculpe a ingenuidade. O bar supracitado fica na cidade do Rio de Janeiro, mais especificamente, na região da Lapa, próximo ao Centro da cidade. Coloca o endereço no google maps.

Venha que será muito bem-vindo.

Camila e Eugenia, obrigada pela ajuda, espero ver as duas na quinta.

Anônimo disse...

Ah! Nesta semana não vai dar pra ir ao Rio, vou a São Paulo. De qualquer forma, muito obrigado pelo convite e pela atenção de vocês. No próximo ano, estão convidadas para marcar o Chope aqui em Belo Horizonte no Festival Comida de Buteco, que acontece nesta época. Vocês vão gostar!
Abraços,
Leandro.

Roberta disse...

Leandro, vc tb é de BH? Nossa, como estou descobrindo leitores aí. Ó, dia 19 de junho vai rolar o chope em SP, vc vai estar por lá?

beijos

Anônimo disse...

Oi Roberta! Sim, sou de BH e realmente você deve ter muitos leitores por aqui. Cá, entre montanhas, o mundo parece ainda mais estranho, acredite. Aliás, comecei a ler o blog porque em um dia de ferrenhas reflexões internas digitei no Google exatamente a frase "o mundo é estranho" para ver quem compartilhava essa convicção comigo. Aí você chegou aqui na minha vida virtual. Desde então, tem residência fixa e me ajuda com o que escreve a matizar os dias mais cinzas e a extravasar nos dias mais brilhantes. Aproveito, então, para agradecer pelo que você nem sabia.
Ainda não tenho agenda certa para as próximas viagens, mas se eu fechar alguma coisa em São Paulo para o dia 19, te dou um toque por aqui. Vai ser um prazer ir a um Chope de Leitores. Pelo chope, pelos leitores e por você.
Grande abraço,
Leandro.