sábado, 24 de outubro de 2009

Convalescente

Estou bem, mas ainda não estou ótima.

Incrível como dormi. Desde 10h da manhã de ontem - quando parei de vomitar e peguei no sono - dormi o meio-dia de hoje. Acordava cada vez que o telefone tocava (a dor e a delícia de se amada: todo mundo ligou pra saber se eu tava bem e se precisava de alguma coisa), mas não ficava mais do que duas horas seguidas acordada. Hoje acordei às 7h40 sem sono, mas perseverei na cama e consegui adormecer de novo. Ai, que delícia levantar com o corpo doído de ter dormido demais!

Bom, refeita, fui ao supermercado adquirir víveres para minha sobrevivência. Agora estou limpando a geladeira ao som de Rita Ribeiro. Mais tarde pretendo ir visitar os gatuxos Paul&John. Talvez eu vá alegrar a noite da Lapa com a minha beleza, talvez. Vamos ver.

2 comentários:

Alice disse...

INVEJE de quem dorme, nega! To aqui, insone, com fogo no rabo e... sozinha! =(

Roberta disse...

Eu só tenho dormido, acho que nunca dormi tanto na vida.

Ontem à noite saí, mas me arrependi, devia ter ficado em casa.

Hoje dormi o dia todo, levantei há pouco, 18h30. ;)

Beijo