quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Dias bem difíceis

Desde que voltei de viagem que tô gostando de ficar em casa. Viajei tanto que tava com saudade do meu muquifo. Tenho gostado de ficar em casa, sozinha. Confesso que resmungo quando o telefone toca, porque não tem nada que alguém tenha pra me dizer que me interesse no momento. Aliás, quase sempre o telefone toca pra trazer chateação e aborrecimento. Infelizmente, sempre atendo. Tenho pena de deixar tocar, tenho pena de quem liga.

Sumi de quase todo mundo. Marco coisas com os amigos e não apareço. Acho tudo e todos mundo bobo, fútil, burro, dispensável. Quando saio, raramente me divirto. Quase sempre fico pensando que seria melhor ter ficado em casa. Não tenho sido boa companhia, ando chata e irritadiça, numa espécie de TPM perene. Tô com tolerância zero e qualquer bobagem que me digam, dou um corte firme. Qualquer coisa que eu ouça e não goste... sou grossa e dura. Melhor ficar longe de gente por uns tempos.

Gosto de chegar em casa, tomar banhinho, passar creminhos, colocar uma camisola com estampas idiotas e ficar arrumando uma parte do armário ou uma gaveta. Os livros também tão precisando ser organizados. O teto perdeu o fascínio.

Também preciso estudar e muito. Preciso escrever. Produzir.

Mas sabe que sozinha em casa fico quase feliz a maior parte do tempo? Ouço música, canto e danço sozinha. Me olho no espelho e me acho linda, linda, linda. Tomo uma cerveja ou uma cachacinha e fico flanando na web ou vendo programas idiotas na TV. Por enquanto, tá ruim não.

Desculpem, mas tô precisando ficar sozinha. Qualquer hora eu volto.

10 comentários:

guetoblaster disse...

você sempre volta com as mesmas noticias. eu queria ter uma bomba, um flit paralisante qualquer. pra poder me livrar do prático efeito.

cazuza pra vc. eu sei que tú é responsavel pelo que cativas. e eu to com saudades.

Marcia Dias disse...

Eu gosto de ficar sozinha em casa. Sou ótima companhia pra mim mesma.

Ok, sozinha, sozinha de marré-de-si não, meus gatos suprem minha necessidade de carinho. :)

Helga disse...

:)

Roberta disse...

Gueto, obrigada por ser meu amigo!

Marcia, vamos suspender nossa eremitice temporariamente no dia 8 de novembro, aniversário de 8 anos do blog!

Helga, se agende pra vir no dia 8!

Helga disse...

Ô, jovem.. táva pensnado em aparecer por aí entre jan/fev serve não? dia 08/11 vc estará cheia de gente à volta, nem terei importância com minha brasiliensisse galopante e tímida hihihihi. :)

Vamos fazer assim.. há alguma passagem de avião ultra barata rolando por aí? :D

P.S.: Acha que estará sociável no dia 8?
P.S.2: Nem vi tua resposta mais cedo.

paulinhaaa disse...

Estou assim durante tanto tempo que acho que vai ser eterno. Não tem coisa melhor que ficar sozinha, organizando a vida ou fazendo nada mesmo, eu ainda tenho atração pelo teto.
Bjs

Renata Saintive disse...

Tenho tanto coisa q preciso/quero fazer, q ficar em casa, mesmo so pensando nas coisas q preciso fazer, tem sido um prazer sem tamanho..
Ontem peguei um dia de folga... fiz nada... so li, assisit teve, dormi... e ADOREI!!!

As vezes eh melhor ficar sozinhas...somos as melhores companhias...

Anônimo disse...

tá ficando que nem eu...

Jukka disse...

Robertíssima!
Sabe o que pode ser esse seu sumiço? É que estamos com o Sol em Escorpião, signo que não propicia muito a sociabilidade - ao contrário, traz ares para viver com intensidade as suas emoções. Esse sol não gosta de se expor, mas faz mergulhar para viver um amor desmedido, atração- instinto, regeneração e sacrifício. Esse tempo de recolhimento é ideal para se voltar ao trabalhar o lado regenerador de tudo na vida, o lado profundo das situações, transmutar, transcender, renascer, buscar o sentido de fênix, de renascer das cinzas e de alcançar vôos inimagináveis quando tudo parecer impossível. Aproveite os dias de crisálida... pq os dias ao Sol estão chegando! Beijukka!

Letícia Vasques disse...

Eu tbm to assim!!! que coisa louca...exatmente como vc, roberta!
tbm vou ficar em casa essa semana toda...quieta.