terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Eu odeio

Eu odeio o Banco do Brasil. Sou correntista há cerca de um mês e já o odeio. Resolvi mudar de banco porque, depois de 20 anos de relacionamento, passei a odiar o Itaú.

Acho que vou começar a guardar dinheiro no colchão.

26 comentários:

Graciana disse...

Roberta, dá uma olhadinha nessa reportagem sobre o anjo dos animais...você que como eu também tem consciência do valor dos bichinhos, dá uma olhada ...
um abração! http://www.anda.jor.br/?p=9836

Ricardo disse...

Trocou o cocô pela bosta !!!
Infelizmente é isso aí .
Kisses

reginaldo pereira disse...

ou entao casa com marido rico

hehe

saudades de tio gigi

Helga disse...

Qual o pepino com o banco, rapá?

Se o "se" não tivesse ficado só no "se" disse...

Odeio todos os bancos!

Cinthia disse...

Banco do Brasil...eu odeio esse banco,infelizmente foi o lugar q abri minha 1ª conta influenciada(coagida na verdade) pelo meu pai (velho gosta de BB) e pela falta de opção já q onde eu morava só tinha ele ou Banerj(falecido)...
Hoje tenho cta no Itau mas odeio tbm, aliás banco é um merda, só serve se for pra eles, pra gente nada pode!

Helga disse...

BB nunca me causou dor de cabeça não. Só um gerente aqui, um caixa ignorante dali..

Pelo visto banco é banco. Fico no meu mesmo. Por enquanto.

LiH disse...

Não seja boba Roberta, banco nenhuma presta!!!!rS
Banco do Brasil é uma bosta! Os funcionários são concursados e a maioria acha que não vai ser demitido, então, não precisam ter educação ao atender. Caixa Econômica, idem! Os privados, mesma bosta! Eu trabalho no Bradesco, e sinceramente ando pensando em guardar dinheiro no colchão tb!!!!!rS

Adoro seus blog's!

bjOo!
LiH!

Fernanda disse...

vi um filme com a nicette bruno q ela guardava o dinheiro no forno. de repente guardando o din-din lá e jogando um pouco de fermento ele cresce, já pensou?

Mari disse...

O dia que vocês acharem um banco bom, me avisem. Aliás, procuro banco de qualidade e jornalista que ganhe um salário confortável. Acho que devem estar todos com o papai noel.

Mari disse...

OBS: Devo ir para a UERJ amanhã de noite. Tá sabendo do evento? Quem sabe a gente não se encontra lá?

bjs

Jackie, Jaque, Jaquinha disse...

Guarda no colchão não que vai te dar uma dor nas costas horrível!
Faça como eu - gaste tudo! ! !

Eugenia disse...

ih, amiga, eu acho todos ruins. o meu é o santander. ainda o acho melhor que BB e CEF.
nos falamos mais tarde sobre o trem.
muitos beijos,
e.

deborabarbatto disse...

O HSBC nunca me deu problemas!

Morango sem chantilly disse...

Amiga, aquela Graciana ali em cima não sou eu. É vírus?

Fernando disse...

Não troco o Itaú pelo BB nunca e muito menos pela Caixa que é a pior merda de todos.

Anônimo disse...

Graciana, Eita, sera q eh virus? A reportagem eh bonita, mas pede pra fazer doacoes. Sera de verdade?

Graciana disse...

hahah oii eu não sou vírus!!! sou Graciana de Santa Catarina

Graciana disse...

Eu vi a reportagem e to repassando pra quem puder , pra quem gosta de animais principalmente hehe um abraço

Marcella disse...

Tenho conta no B.Real há mais de dez anos e gosto muito.
Tb gosto do Bradesco e o bom é que é baratinho: a conta com mais vantagens (talão de cheques em casa, vários extratos etc) custa só R$ 21 e pouco.
BB realmente não presta! E ainda tem aquela má vontade peculiar dos barnabés.
Bjs

Anônimo disse...

mas o q vc esperava de um banco com esse nome? rssss Gil.

Roberta disse...

Mari, sei do evento não, mas tô morta. Não sairia de casa hoje nem pra dar pro Brad Pitt!

Roberta disse...

Tenho duas Gracianas na minha vida!

gustavo.mardegan disse...

Eu também odeio o Banco do Brasil por mil motivos, mas não odeie o Itau, vai!
É o melhor de todos!hehehe

Beijossss

MackDK disse...

Roberta,

É comum vermos em casos de divórcio pessoas dando conselhos legais, indicando advogados, e até mesmo ajudando a elaborar planos de vingança. Mas poucas vezes vemos pessoas tentando ajudar a resolver o problema com uma reconciliação.

Reconheço que há casamentos que realmente não tem jeito e a melhor solução é o divórcio. Mas não é verdade que muitos casamentos acabam por bobeiras?


Usei esta figura de linguagem porque você disse "depois de 20 anos de relacionamento, passei a odiar o Itaú". E depois de 1 mês já odeia o Banco do Brasil! Na verdade, creio que o que ocorre é que a mágoa que você sente pelo Itaú faz com que você não desenvolva o teu "relacionamento" com o Banco do Brasil.

Que tal mudar o foco, ou melhor, fazer como o Patch Adams e olhar o problema com um olhar "desfocado"?

"Guardar dinheiro no colchão" não é uma solução. Sei que você só falou isto "por falar", mas isto me parece deixar transparecer um estado de espírito resignado. Na minha sincera opinião, "apesar" do Itaú, "apesar" do Banco do Brasil, o sistema bancário é necessário.

Não apenas para guardar o teu dinheiro. Imagine que por algum destes acasos da vida, uma pessoa que você ama, mas que está distante, esteja precisando de dinheiro, talvez por uma emergência médica e você tenha condições financeiras de auxiliá-la.

Se esta pessoa também tiver uma conta bancária e, principalmente, se a conta for no mesmo banco que o teu, você poderá fazer uma transferência imediata. Sim, existem outras formas de mandar dinheiro, mas em situações adversas, a mente trabalha melhor com o que for de uso rotineiro.

Quem sabe o internetbank ou mesmo o mobilebank possa ser usado neste momento para você realizar uma ato de amizade, de amor.

O ódio só é benéfico quando canalizado para a solução do problema. Se não, o ódio torna-se destrutivo, e irá consumir quem odeia enquanto muitas vezes o objeto do ódio continua existindo, impassível.

Reconheço que falei muito, mas se isto tirou um pouquinho do ódio do teu coração e te fez um pouquinho mais feliz, então me sentirei mais feliz também, porque o ódio é contagioso, mas, que bom, a felicidade também é contagiosa.

Tudo de bom.

Sinceramente,

MackDK

Rodrigo Ferrari disse...

Banquinho.