sábado, 27 de março de 2010

O mundo é estranho, mas a vida é bela

Ontem eu tava péssima, de bode, de TPM, passando mal do estômago no pós-piriri. Chorei até ficar com a cara inchada e os olhos ardendo e fui dormir. Fui acordada uma vez pela Ruiva, fofocamos no telefone. Dormi. Lá pras duas da manhã acordei por um torpedo do Vela perguntando se tava bom onde eu tava. Na minha caminha? Tava ótemo! Até cogitei levantar, tomar uma chuveirada e ir pra pista encontrar meu amigo maluquinho de estimação, mas a minha cara inchada ia assustar. Dormi de novo.

Lembro que levantei pra beber água e o dia tava clareando. Pensei "devia estar voltando pra casa agora". Olha que durante a semana eu tava animadíssima, repetindo mantra "sexta é dia de cerveja mão e calcinha no chão". Humpf. Tudo bem, sexta que vem eu me vingo.

Como não sou acostumada a dormir cedo assim, acordei hoje às 7h30 sem sono. Merda. Fiquei deitada tentando adormecer de novo e nada. Brinquei com o rabbit pra ver se dava soninho e nada. Acabei desistindo e levantando 9h30. Agora vou levar roupa na lavanderia, encontrar Ju e O Orientador para almoçar.

Para a noite ainda não tenho planos, aceito convites.

2 comentários:

Priscila C. Souza disse...

Se encontrar algo, me fala também... estou à deriva!

Roberta disse...

Nossa, ninguém tem nada pra hoje! Já recebi uns 3 torpedos perguntando qual é a boa!