quinta-feira, 15 de abril de 2010

Vivendo perigosamente

Ontem almocei num vegetariano muito ruim com a Juliana, daí hoje resolvi cozinhar. Sabe que ficou bom? O arroz ficou soltinho e olha que não fazia arroz há nem sei quantos meses! O troço de frango empanado ficou meio duro, mas a culpa não fo minha: segui as instruções da embalagem. Para completar, salada de folhas e tomate cereja. Vou cozinhar mais vezes.

Talvez seja algo para eu me dedicar na volta do deserto.

***

Por falar nisso, acreditam que dia desses me ofereci para fazer janta pra um catiço e ele desdenhou? "Vou comer  o que? Sorvete derretido?". E olha que, obviamente, o prato principal seria eu. Paciente e conciliadora, no lugar de "então come merda, xuxu", respondi "podemos então pedir comida ou descer para comer em algum lugar. "É? Onde? Vai querer que eu jante pastel? Tu só come pastel!". Beligerante o moço, né?

Vou ligar pra Narinha e perguntar o que ela acha que o palhaço jantou, já que o bruto não quis privar da minha agradabilíssima companhia.

Como todos sabem, Narinha é a melhor.

8 comentários:

Luciano disse...

Um capiau...

Idoca disse...

Um pastel e dois chopes (o pastel é ele, tá?).

quaseAlice disse...

um ridículo...
falta de polidez... Devia ter mais imaginação com o sorvete derretido, oras...

Roberta disse...

Ele tava de TPM.

Dona Mila disse...

Se ele se comportasse direito, talvez você pudesse ter guardado pra ele a quentinha dos camarões. Deu mole, preiboi.

Adriano disse...

Troço de frango empanado = eeeeeeeca

Roberta disse...

Dona Mila, o faxineiro do prédio ganhou a quentinha de camarões. Se eu comesse mais camarões aquele dia ia parar no hospital. kkkk

Adriano, pode enviar quentinhas melhores aqui pra casa que eu aceito.

Adriano disse...

Opa, se quiser mando entregar no deserto. Prometo não incluir farofa!