domingo, 20 de junho de 2010

A pedidos

Já que todas me perguntam, as botas que usei no Programa do Jô (as mesmas do lançamento do livro) são da Pele Rara.

O vestido comprei na Zara. Nem sou cliente de lá, mas não tava achando um vestido que - de acordo com o meu gosto - se adequasse à ocasião, então comecei a ir a lojas que não frequento comumente.

Os broches de palhacinho são da Maria Filó. Lá sim deixo grande parte do meu salário de moça trabalhadora. O vestido vinho que usei na Ana Maria Braga é de lá, assim como grande parte do meu guarda-roupa. Minha vendedora é a Tarsila, da loja do Shopping Vertical no Centro.

Dica: se for ao Vertical, aproveite e pegue o elevador até o 3o andar, entre na Farm e procure pela Rafaela. Ela é ma-ra-vi-lho-sa e minha vendedora favorita, embora não tenhamos encontrado nenhum vestido que servisse pro lançamento do livro ou pra ir ao Jô. Pode até falar de mim, se quiser, que ela vai lembrar. A Tarsila talvez não lembre meu nome, mas a Rafa já é quase amiga.

6 comentários:

Eugenia disse...

hehe...eu tb sou atendida pela Tarsila... acho q ela ñ vai lembrar de mim, mas eu lembro dela, eh uma fofa.

Eugenia disse...

essas duas lojas são maravilhosas. eu comprava mt na shop 126, mas acho q as roupas caíram em beleza. gosto mt da oh, boy tb.

Roberta disse...

Também deixei de comprar na Shop 126, as roupas ficaram meio esquisitas. Até compro, mas muito de vez em quando.

Morango sem chantilly disse...

Amiga, você é um luxo com roupa de qualquer loja. De calça jeans, tênis e blusa você é luxo.

sidney disse...

vc estava mto bonita e elegante... vc tem mto bom gosto !!! sucesso sempre pra vcs...

Lilla disse...

Olá Roberta, parabéns pelo sucesso do livro! Vocês estavam ótimas no Jô. Faz algum tempo que passo aqui no blog para ler e nunca havia comentado ainda. Conheci o HTP através do blog do Cafa, e sempre me diverto com as histórias. Aliás, você e o Cafa, por definição, tem uma semelhança, ele também se intitula de chato, muito chato.
Sabe, o que me surprendeu na entrevista, é que você é muito mais querida do que se imagina, levando-se em conta o modo mais incisivo que costuma usar ao escrever. Você tem leveza no gestual e um timbre de voz delicada.
Poxa, nós mulheres somos incríveis mesmo. Conseguimos ter tantas faces que não é de se admirar muitos palhaços não darem conta do espetáculo! Rumo ao topo, meninas!



Beijos