terça-feira, 16 de outubro de 2012

Hóspede felina

Ela chegou ontem à noite. Como contei no facebook, amiga minha foi dar pinta pras bandas de machu picchu e deixou a filha aos meus cuidados por 15 dias. A pobre felina não tem nome, minha amiga, lelé como todas - a chama de princezinha ou menininha e coisa do tipo. Eu chamo de Gatinha ou Gatuxa.

Ao chegar, relutou em sair do transporte. Retirada pela mãe, tratou de cheirar tudo e reconhecer o território miando o tempo todo. Após breve inspeção se plantou em frente à porta, como quem diz "pronto, mamãe, já podemos voltar pra casa". Teve que rolar um estratagema pra distrair a felina e minha amiga poder sair.

Achei que ia miar a noite toda. Nada! Moça dada, deu umas miadinhas e depois foi se chegando. Em pouco tempo já tava deitada na minha barriga amassando pãozinho. Namorado então, encantador de animais, ficou vendo TV e coçando a gatuxa pra todo lado.

Foi feliz acordar hoje de manhã, chamar e ver uma gatinha linda pular na minha cama pra ganhar carinho matinal.

8 comentários:

ReSilver disse...

Toda gata que eu conheço gosta de homem. Conheci uma gata-de-guarda que quase rosnava pra dona, mas se derretia pro marido dela.

Para nós, mulheres, restam os felinos do sexo masculino. Acho que é pra gente sempre poder dizer que dormiu com o maior gatão.

Ana disse...

Adoroooo..
Gatinhos são tudo de bom.
Se eu pudesse teria uns 10..tipo a louca dos gatos..
Mas só tenho 1 mesmo, que me faz muito feliz!!!

Crisolda disse...

Desculpe a intromissão, mas por que você não adota um bichano, Roberta? Eu sou mãe gateira a pouco tempo, meu cafofo é um ovo de codorna e meu gato ainda veio com defeito num olho, rs.. Não me arrependo nem um pouco, é muito amor!!!

katy disse...

eu tenho 3 gatos. amo todos!!! você vai sentir saudades da gatinha quando ela voltar pra casa!!! bom fim de semana.

Marta disse...

Roberta,
Se quiser adotar me avisa que te coloco em contato com umas gateiras cariocas, kkk.
Faça parte de um projeto de proteção animal (matilhaurbana.blogspot.com), em São Paulo, e vira e mexe tenho que arrumar lares para a bicharada. A maioria vem com aquela conversa de que vai adotar só um gato porque o apê é pequeno e quando vê já virou adicto, com crise de abstinência e tudo, rola no mínimo uns 2 ou 3 gatos, hahaha. Gato deveria vir com advertência do Ministério da Saúde Mental, porque causa uma dependência braba. Vc vai ver quando a Gatuxa for embora. Beijo!

Anônimo disse...

Oxe... Mas Roberta precisa não que arrumem gato pra ela. Isso ela sabe demais onde encontrar, né não? Cês não sabem dessa faceta da moça não, é?

Roberta Carvalho disse...

Re Silver, tb observo isso. Acho as gatas "agressivas" comigo.

Ana, minha irmã é a louca dos gatos. :-P

Crisolda, estou pra me mudar, daí tô esperando. Já "adotei" 3 que tão com a minha irmã.

Katy, todo dia abro a porta procurando a gatuxa.

Marta, tive gatos a vida inteira. Já arrumei casa pra dezenas, já dei lar temporário pra vários.
Como moro num apê muito pequeno (menos de 30m2) e com pouca ventilação - na verdade, um armário embutido -, resolvi não ter gatos até me mudar. Comprei um apê maior na planta e só entregaram agora, com um ano de atraso. Estou agora na pendenga da burocracia bancária pra pegar as chaves. Já adotei 3: 2 meninos brancos e uma menina amarela. Tão com a minha irmã.

Anônimo, elas não sabem o que temos na residência do
Grajaú....

Andreia CSilva disse...

bom, nunca aconteceu comigo de gatas serem mais agressivas comigo , já tive muitos gatos e gatas e foram iguais. hj em dia tenho ´so uma gatinha branca , e ela , é bem arisca c as outras pessoas, ela tem 5anos e no começo ela nao gostava de mais ninguém , só ficava comigo. hj em dia ela até fica um pouco na cama dos meus pais, mas bem pouco ,ela dorme é comigo heheh.bj.