terça-feira, 14 de julho de 2009

Contos de repartição II

Era um dia desses imprensado entre feriados, mas que não tinha rolado ponto facultativo, então tínhamos feito um esquema de plantão na repartição. Só havia a metade da equipe. Quase no fim do expediente, távamos só eu e mais dois colegas, quando uma delas foi escovar os dentes pra ir embora e voltou apressada, vermelha e rindo sem parar. "O fulano tá gritando no banheiro". Os banheiros masculino e feminino ficam colados.

- Ele tá passando mal?
- Não, acho que ele não tá sozinho.
- Ele tá pedindo ajuda?
- Não, acho que ele está se divertindo.
- Bom, se ele não tá pedindo ajuda e não passando mal... melhor a gente não se meter.
- Eu não me preocupo com adultos que não estejam sendo coagidos...

Nos entreolhamos e, como faltavam só 15 minutos pra hora de ir embora, achamos melhor vazar pra não ver quem seria o companheiro de peripécias do nosso colega. Certas coisas é melhor não saber.

****

Outro dia tô eu no toalete antes de ir embora e ouço os gritos. Parece que é mania e nem sempre ele está acompanhado. Tudo bem, o mundo é estranho.

****

Hoje, tal colega animado, chegou na copa enquanto os mocinhos que trabalham comigo almoçavam. Virou pra um deles, pai de família, e avisou "Olha, é só hoje, amanhã não tem mais não. Acabou tudo, os gritos, a bagunça e os beliscões. Vou entrar de férias". Silêncio constrangedor. Beliscões?

7 comentários:

Graciana disse...

Que repartição animada!

Anônimo disse...

Há um tarado necessitado na sua repartição.

M.I

guetoblaster disse...

será que tem uma loira do banheiro tb ?

Roberta disse...

Graci, até parece que a sua não é...

Mi, há vários, de vários tipos.

Escuta, por que vc não assina no campo certo pra não ficar esse "anônimo"?

Gueto, aqui só loira do pentelho preto.

M.I. disse...

Agora que vc falou que eu me liguei. Foi mal!

Roberta disse...

MI, boa moça.

guetoblaster disse...

tu sabe que tem um filme porno chamado " A loira do Banheiro " ?